Notícias às 06:00

Harry Styles diz que não usou drogas antes de carreira solo

Reprodução/Twitter

Perto de lançar o Fine Line, seu segundo álbum, Harry Styles voltou a tomar conta dos holofotes da mídia e já se apresentou no Saturday Night Live, gravou com o James Corden para o The Late Late Show e segue na divulgação do novo projeto. Dessa vez, o cantor conversou com o Zane Lowe para a rádio Beats 1, do Apple Music.

Em um bate-papo sobre carreira, famosidade e trabalho, Harry chegou a tocar no assunto a respeito de consumo de substâncias ilícitas, que foram feitas quando já estava fora do One Direction.

Aos 25 anos, Styles confessou que chegou a morder a língua em Malibu porque estava sob a influência de alucinógenos durante a produção do novo disco. Após deixar o grupo, ele se sentiu mais livre para experimentar coisas.

"Quando eu estava na banda era, tipo, para mim, parecia muito maior do que qualquer um de nós e eu meio que sentia que não queria ser a pessoa que ferrava a banda". O britânico então continuou. "Então, eu ficava tipo, agora é a hora da minha vida em que você provavelmente, sai e experimenta, e faz isso e toma aquilo e é isso que você faz com seus amigos. E eu fiquei tipo, eu não vou ser o cara que estraga tudo. Então, eu fiquei tipo, eu não vou fazer nada disso."

Citando o Fine Line, que será lançado no dia 13 de dezembro, Harry afirmou que todas essas mudanças foram muito boas para ele.

"Fazer esse álbum parecia… Eu me senti muito mais feliz e estava com meus amigos e estávamos em Malibu. Eu me senti tão seguro. Foi tipo, eu quero comer cogumelos, agora é a hora de nos divertirmos. Estamos em Malibu, 24 anos, estou na música", relatou ele.

Na entrevista, o jovem músico ainda contou ter feito terapia, enfatizando a importância disso e que no começo recusou porque "por um tempo  eu achei que não precisava disso, um jeito de pensar bem britânico."

Harry Styles 'vira' bailarina e fãs piram. Confira!

Confira o trecho abaixo: