Notícias às 13:50

Hilary Duff rebate acusações de tráfico sexual infantil

Reprodução / Instagram

No último sábado (23), Hilary Duff foi acusada por alguns internautas de tráfico sexual de menores e pedofilia. O caso tomou tanto conta da internet, que o nome da artista foi até parar nos assuntos mais comentados mundialmente no Twitter. 

A polêmica foi enorme, muita gente partiu em defesa da cantora e atriz, outros criticaram e concordaram com a "teoria" sobre o crime, e ela resolveu se manifestar em sua própria página na rede social. 

Hilary falou que as acusações eram fruto de mentes ociosas, pois as pessoas não tinham o que fazer, e detonou quem acreditava nisso tudo, dizendo quão nojenta acha toda essa história. 

"Todo mundo está entediado pra c*ralho neste momento, eu sei… mas isso é realmente nojento. Quem quer que tenha sonhado com isso e colocado esse lixo no universo deveria dar um tempo na por*a do telefone. Talvez arranjar um hobby", disparou. 

Além da mensagem da famosa no Twitter, sua equipe também se manifestou para o E! News. 

"Vamos dizer de maneira clara: isso é tudo uma nojenta mentira fabricada na internet, criada e perpetuada por trolls e idiotas. O próprio post da Hilary nesta manhã é tudo o que precisa ser dito sobre o assunto. Todo mundo que conhece a Hilary sabe completamente a maravilhosa mãe que ela é e isso não exige nenhum comentário a mais. Se pelo menos as pessoas com esse tempo livre usassem sua energia para resolver os problemas reais do mundo…", disseram. 

 

Entenda o caso

Hilary Duff se viu em meio a uma grande polêmica no último sábado (23). Tudo aconteceu por causa de uma foto do filho primogênito, Luca, que deu o que falar nas redes sociais. 

Em meados de março, a atriz e cantora mostrou em seus stories do Instagram que tinha mando imprimir algumas fotos da família. Entre a pilha de imagens em cima da mesa que ela estava gravando, uma apareceu e chamou bastante atenção. 

O menino de 8 anos aparecia deitado em uma cama, completamente nu e, segundo alguns internautas que começaram a polemizar sobre o assunto, "em uma pose estranha e amarrado em plástico filme".

Como o registro é muito rápido, outros acreditaram que não era plástico e sim marcas de tinta branca, com símbolos que remetiam à pedofilia infantil. 

Pessoas começaram a dizer que isso se tratava de tráfico de crianças, alegando que Hilary Duff estaria colocando seu próprio filho à venda ou tendo relações sexuais com ele. 

O tema rendeu tanto, que virou até um dos tópicos mais comentados no Twitter, porém muitos ficaram revoltados com as acusações absurdas e se manifestaram totalmente contra a "teoria". 

Confira o caso e a reação das pessoas na web: