Notícias às 13:22

Homem gera alerta de perigo ao interagir com George e Charlotte

Reprodução/Instagram

Recentemente, Príncipe William e Kate Middleton pediram uma investigação completa no sistema de segurança do Palácio de Kensington após serem informados que um homem chegou próximo de seus dois filhos mais velhos.

De acordo com o jornal The Sun, a investigação já está em andamento e teve início logo após os duques ficarem sabendo da aproximação entre o entregador Darren Benjamin e e as crianças.

A passagem de Benjamin pelo Palácio de Kensington aconteceu no dia 14 de julho, enquanto ele fazia uma entrega. 

Benjamin já ficou preso por sete anos, entre 2008 e 2015, por seu envolvimento em uma tortura que envolveu jogar água fervendo nas costas de um homem.

De acordo com a publicação,  o entregador disse ter visto George, de seis anos, Charlotte, de quatro, e Louis, de um aninho, no gramado do Palácio, enquanto brincavam com a babá.

O homem revelou, inclusive, que chegou a acenar para as crianças.

“Esse é o tipo de falha de segurança que não pode ocorrer. É um criminoso violento que cumpriu pena por uma tortura brutal. Depois ele ainda contou para os amigos como ficou próximo do nosso futuro rei”, afirmou uma fonte para o jornal.

Parabéns de Harry e Meghan para o Príncipe George dá o que falar na web
Realeza divulga novas fotos do Príncipe George. Vem ver!
Kate Middleton e Meghan Markle estão se esforçando para serem amigas