Notícias às 22:00

Indicado ao Grammy, Justin Bieber se irrita com categoria

Reprodução/Instagram

Justin Bieber não gostou que seu álbum Changes foi catalogado como 'música pop', e o cantor reclamou que os membros do Grammy continuam chamando-o de 'estrela do pop'.

Justin conseguiu nominações no Grammy como Melhor Álbum Pop, Melhor Interpretação Pop Solo, Melhor Dueto / Grupo Pop e Melhor Dueto / Country, mas usou o Instagram para expressar sua insatisfação por sua música ser categorizada como pop.

Hailey Bieber admite ter ciúmes de Justin Bieber com fãs

"Lancei um álbum de R&B. Changes foi e é um álbum de R&B. Não está sendo reconhecido como um álbum de R&B, o que é estranho para mim", lamentou, buscando esse reconhecimento.

Bieber agradeceu à academia, mas se manteve firme dizendo que as influências e a voz do hip-hop significavam que Changes era 'sem dúvidas um álbum de R&B'.

"Para ser claro, amo a música pop, mas simplesmente não foi isso que me propus a fazer. Me sinto grato por ter meu trabalho respeitado e me sinto honrado por ser nominado, de todas as formas".

Os prêmios Grammy acontecem dia 31 de janeiro.

Grammy 2021: Confira lista de indicados da premiação


Ciúme

Hailey Bieber admitiu em uma nova entrevista, que tem ciúmes do marido Justin Bieber. A modelo de 23 anos reconheceu em conversa com Ashley Graham no podcast Pretty Big Deal que fica com ciúmes e se sente frustrada quando as fãs do cantor tentam flertar com ele, mesmo sabendo que agora Justin é um homem casado.

Ashley Graham quis saber e Hailey comentou: "Eu acho que sentir ciúmes é um sentimento normal, natural, humano. Vai acontecer, independente de qualquer coisa. Se eu pudesse tirar esse ciúmes de mim eu tiraria, mas eu não posso, ninguém pode. Eu sei que para alguém nessa posição sempre terá gente que não se importa que ele é casado, e vão tentar flertar com ele do mesmo jeito. E eu fico, tipo… não é só você que não pode deixar que elas cheguem tão longe".

Mas o casal conversa sobre esses temas em seu relacionamento, e Hailey explica que uma das regras é não falar sobre o passado.

Ela explicou: "Temos uma coisa com o tom de voz. Ninguém quer responder alguém que te ataca, grita ou aumenta o tom de voz. Para ele, muita coisa era questão do tom de voz, porque quando eu fico nervosa, eu fico nervosa mesmo. Eu sou de Nova York e eu falo alto e falo com as mãos… Ele é um bom e calmo canadense."

Em outro momento da entrevista Hailey admitiu que ela e o cantor de Believe fizeram terapia de casal antes de se casarem, para lidarem com os males que fizeram um para o outro quando estavam 'irritados e com ciúmes' no passado.