Notícias às 09:52

Ingrid Oliveira é eliminada nos saltos ornamentais e não segura o choro

Foto: Jonne Roriz/ COB

A saltadora Ingrid Oliveira ficou em 24º lugar, nesta quarta-feira, 04 de agosto, e foi eliminada na primeira fase dos saltos ornamentais da plataforma de 10 metros dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Após cinco rodadas, ela somou 261.20 pontos.

A carioca de 25 anos, ficou entre as dez primeiras após os os três primeiros saltos. Na quarta apresentação caiu para o 14º lugar e depois do quinto salto acabou eliminada da competição.

“São coisas que acontecem. Esporte é feito disso. Eu estou triste porque nos meus treinos eu acertei todos os meus saltos e eu sabia que tinha condições de fazer tudo igual. Na hora da prova eu não consegui fazer o que eu vinha treinando”, disse a atleta, que chorou, após o resultado final.

“No quarto salto, que é meu melhor, não consegui perceber se saí forte ou fraco, e isso fez com que eu errasse bastante. Eu precisava muito acertar ele porque o último salto eu estava treinando há pouco tempo e todo mundo sabia disso. E aí a pressão ficou totalmente em cima dele, um salto novo, que eu tentei com todas as forças acertar, mas acabou que saí mais forte do que deveria e não consegui pontuação boa para passar para a semi”, afirmou a atleta, que participou pela segunda vez de uma olimpíada.

A melhor colocada entre as 18 classificadas para a semifinal, que vai ser disputada a partir das 22 horas (de Brasília) foi a chinesa Yuxi Chen, com 390.70 pontos.

DESTAQUE NA MODALIDADE

Ingrid estreou em competições internacionais como atleta da seleção brasileira nos Jogos Sul-Americanos da Juventude, em Lima-2013. Depois, consolidou-se como um dos principais nomes da modalidade no País, sendo prata nos Jogos Pan-americanos de Toronto-2015 (plataforma sincronizada), ouro nos Jogos Sul-Americanos de Cochabamba-2018.

Esta foi a segunda participação de Ingrid em Jogos Olímpicos. Na última edição, na Rio 2016, ela disputou a mesma prova (plataforma 10m) e ficou no 22º lugar e também não avançou à semifinal.

No masculino, o Brasil conta com dois representantes. O piauiense Kawan Pereira, de 19 anos, e o carioca Isaac Souza, de 22 anos. Eles vão estrear em Tóquio 2020 nesta sexta-feira (6), às 3h (horário de Brasília).

Veja +: Vizinhos chamam a polícia para a namorada da maratonista de ouro Ana Marcela