Notícias às 19:47

Irmão de Marília Mendonça investiga invasão em perfil da cantora

Marília Mendonça olhando João Gustavo cantar ao lado dele no palco

Reprodução/Instagram @gustavodveg

Informações que pertencem ao perfil oficial da cantora Marília Mendonça, como a divulgação do projeto “Patroas”, foram apagadas das redes sociais da artista. João Gustavo, irmão da sertaneja, ficou surpreso quando soube da notícia nesta quinta-feira, 27 de janeiro. “Estou em contato com o advogado. Assim que souber de algo, eu venho explicar para vocês. Mas vai ser resolvido”, tranquilizou o cantor, em conversa com o site da revista Quem. 

De acordo com o cantor, um link na biografia da rede social de Marília, que direcionava internautas para o último trabalho da irmã, foi retirado do ar. “Ainda não sabemos o que está acontecendo. Mas já mudamos. Colocamos como estava”, acrescentou Gustavo. 

JUSTIÇA ANALISA PARTILHA DE BENS E HERANÇA 

O Tribunal de Justiça de Goiás iniciou o processo da partilha de bens da cantora, morta em novembro do ano passado após um acidente aéreo. A análise da herança da artista começou a ser realizada no fim do mês passado e corre em segredo de Justiça.

O que já se sabe, é que Murillo Huff abriu mão do direito à tutela de bens do filho, Léo, de 2 anos, do seu então relacionamento com a sertaneja. De acordo com o advogado da família, Robson Cunha, o Murillo já havia tomado essa decisão desde a morte da ex-namorada. 

“O Murilo não participa do patrimônio da Marília. O único titular acerca do patrimônio da Marília é o Léo. Não tem outro herdeiro. Relacionado a gestão de tudo que é ligado a imagem e a carreira de Marília é de dona Ruth. A dona Ruth é a única tutora de Léo e continua como tutora dos bens também. Todas essas decisões foram tratadas de forma harmoniosa entre dona Ruth e o Murilo, não só em respeito a Marília e ao Léo e em consideração ao carinho que eles já tinham um pelo outro. O Murilo, inclusive, concordou em compartilhar a guarda do Léo. Ele nunca se opôs ao papel de tutora da dona Ruth”, declarou Robson à Quem. 

O advogado ainda disse à publicação de que a informação de que a cantora teria deixado uma herança de R$ 500 milhões está errada. “Não chega nem perto disso”, afirmou. Ele também ressaltou que a família de Marília Mendonça não tem ganhos expressivos em cima dos lucros dos novos feats lançados com a voz a da cantora. 

“Todos os lançamentos com novos artistas divulgados após a morte de Marília Mendonça, a família não tem participação diretamente no faturamento. Os lucros são repassados primeiramente para a gravadora Som Livre e a outra parte para a empresa que representava a cantora”, disse. 

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!