Notícias às 13:40

Jade Picon arrasta Leo Picon para a praia e boa forma deles chama atenção

Jade Picon e Leo Picon
Jade Picon e Leo Picon – Fabricio Pioyani/Agnews

Jade Picon não esteve sozinha na praia da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, nesta segunda-feira (23). Diga-se de passagem, ela nunca está sozinha, sempre rodeada de amigos e parceiros do futevôlei, mas hoje teve a presença do irmão, Leo Picon.

Os dois se exercitaram no esporte favorito da atriz, mas também se refrescaram no mar, já que o calor no Rio de Janeiro está bem forte.

Jade chamou a atenção à boa forma a bordo de um biquíni preto e Leo Picon, que estava sem camisa e vestindo um short azul, mostrou que a boa genética é coisa de família.

Veja as fotos!

Jade Picon de biquíni
Jade Picon de biquíni – Fabricio Pioyani/Agnews
Leo Picon
Fabricio Pioyani/Agnews
Jade Picon e Leo Picon
Jade Picon e Leo Picon – Fabricio Pioyani/Agnews
Jade Picon de biquíni
Jade Picon de biquíni – Fabricio Pioyani/Agnews

Críticas como atriz

Jade Picon foi o alvo de grandes polêmicas por conta da sua escalação como Chiara em “Travessia”. A novela, que sofreu grandes críticas, foi a primeira de sua carreira, logo após a sua saída conturbada do “BBB22”. A Influencer já tinha dito algumas coisas aqui e ali sobre o que ouvia da sua participação como a garota mimada, chegando até a ter uma melhora nas cenas que se encaminhavam para o final.

Jade foi convidada para participar do “PodDelas” e contou tudo sobre a sua visão das críticas que recebeu nas redes sociais e fora delas por conta da personagem e da atuação. Primeiro, ela relembrou a experiência completa de uma rotina intensa de gravações e disse que muitas vezes as cenas eram gravadas de formas descontinuadas e sem ser, necessariamente, uma em sequência da outra, ou seja, independia da ordem dos acontecimentos:

“Tudo é gravado fora de ordem. Eu gravei as cenas que a Chiara namorava o Ari antes mesmo da gravação das que a gente se conheceu. O roteiro é montado de acordo com o que é melhor para a produção. Por exemplo, tem o cenário do quarto, então gravamos tudo que se passou ali de uma vez. Cenário externo também”.

Jade relembrou que esteve há um ano se preparando para a gravação de “Travessia” e que não fazia ideia do que vinha por aí. Ela ressaltou que, no início, ao chegar as primeiras impressões e comentários, teve reações diversas, chegando até a concordar com algumas que leu:

“Foi uma experiência enorme, bem intensa. Mal fazia ideia do que me aguardava, meus amores. Foi Punk, passei por muitas críticas, foi necessário para meu aprendizado, crescimento, estava começando, nunca tinha feito nada como atriz. Não foi fácil: Já fui dormir chorando, me questionei o que eu fazia e então, no final, a Chiara teve um arco lindo e aí virou e consegui fazer, recebi muitas respostas boas do público. Com a ajuda de meus colegas de cena, foi essencial. Foi a primeira vez que eu li as críticas e concordei, usando a meu favor por se tratar de uma obra aberta”.

Notícias Relacionadas