Notícias às 18:00

Jay-Z processa ex-sócio por tentar vender seu primeiro álbum

Jay-Z de jaqueta amarela

Jay-Z de jaqueta amarela (Foto: Reprodução Instagram)

Jay-Z está processando o empresário Damon Dash, co-fundador de sua antiga gravadora Roc-A-Fella Records, e da qual ainda é acionista minoritário.

Segundo o programa Entertainment Tonight, o rapper afirma no processo que Damon planejou vender em um leilão online os direitos de seu primeiro álbum:

Os documentos afirmam: “Dash nem mesmo possui ‘Reasonable Doubt’ ou seus direitos autorais e, portanto, não tem o direito de vender o álbum ou quaisquer direitos sobre ele. Em vez disso, a RAF, Inc. detém todos os direitos de ‘Reasonable Doubt’. A venda deste ativo insubstituível deve ser interrompida antes que seja tarde demais, e Dash deve ser responsabilizado por seu roubo. O resultado final é simples: Dash não pode vender o que ele não possui. Ao tentar tal venda, Dash converteu um ativo corporativo e violou seus deveres fiduciários.”

Veja+: Lockdown aproximou Jay-Z da família

De acordo com a papelada, Jay, Damon e Kareem Burke possuem cada um, um terço das ações da Roc-A-Fella.

O documento acrescentou: “O status de Dash [como] um acionista minoritário da RAF, Inc., não lhe dá o direito de vender um ativo da empresa.”

Dash tentava vender o material através da SuperFarm, que anunciou:

“A SuperFarm tem o orgulho de anunciar, em colaboração com Damon Dash, o leilão da propriedade de Damon dos direitos autorais do primeiro álbum de Jay-Z, Reasonable Doubt (…) o evento monumental durará dois dias, começando em 23 de junho e terminando em 25 de junho. A SuperFarm está animada para hospedar este leilão verdadeiramente notável e imortalizar um dos maiores artistas do mundo no blockchain!”.

Mas após as alegações de Jay-Z, o leilão foi cancelado depois que a equipe jurídica do cantor entrou em contato.

Natação

O marido de Beyoncé, Jay-Z, revelou durante conversa no programa de LeBron James, na HBO, The Shop: Uninterrupted, que só aprendeu a nadar quando sua filha Blue Ivy nasceu em 2012.

O cantor – que também é pai dos gêmeos de três anos Rumi e Sir com Beyoncé – revelou que não sabia nadar, mas depois precisou aprender por causa da filha, com medo de que algum dia ela precisasse de sua ajuda e ele não pudesse ajudar.

Falando sobre como a paternidade mudou sua vida, o rapper afirmou:

“É incrível. É uma coisa muito sensata. Não aprendi a nadar até o nascimento de Blue. Lá se vai tudo o que você precisa saber. Esta é uma metáfora para o nosso relacionamento. Se ela alguma vez caísse na água e eu não conseguisse pegá-la… não conseguia nem imaginar. Pensei, ‘tenho que aprender a nadar’. É isso. Esse foi o início do nosso relacionamento”, contou.

Veja+: Mariah Carey deixa gravadora de Jay-Z e promove boatos

Enquanto isso, o astro de 51 anos recentemente falou sobre o trabalho árduo que ele e a cantora colocaram no casamento e como ele está “orgulhoso” do pai e marido que se tornou.

“Tenho uma linda esposa que era compreensiva e sabia que não sou o pior do que já fiz. Fizemos o trabalho árduo de ir para a terapia, nos amamos. Realmente trabalhamos durante anos. Essa música que estou fazendo agora é resultado de coisas que já aconteceram. Estamos em um lugar melhor hoje, mas ainda trabalhando e ainda nos comunicando e crescendo. Estou orgulhoso do pai e do marido que sou hoje por todo o trabalho que foi feito. ” , justifica.