Notícias às 17:00

Jim Carrey ironiza impeachment de Donald Trump

Grosby Group

Jim Carrey compartilhou um cartoon zombando do presidente Donald Trump, depois do início do processo de 'impeachment' contra ele, que enfrenta acusações de abuso de poder e de pressionar a Ucrânia a interferir nas eleições de 2020, e obstrução do processo de impeachment.

Agora Trump enfrentará um julgamento no Senado, com os 100 Senadores agindo como juri.

Depois da notícia de que Trump poderia ser o terceiro presidente na história dos Estados Unidos a sofrer impeachment, diversos famosos incluindo Bette Midler, Meek Mill, Alyssa Milano, e Josh Gad foram as redes sociais se manifestarem sobre a notícia – e Carrey seguiu mostrando sua própria arte.

O comediante, cujo hobby é pintar, fez um desenho de Trump como o monstro Frankestein enforcando seu mestre. O presidente do cartoon é visto atacando uma figura que parece muito com o presidente russo Vladimir Putin.

Carrey legendou a imagem: "Naquela noite Donald teve um sonho muito estranho".

Esse não é o primeiro desenho anti-Trump do ator e artista, e a estrela de Débi e Lóide compartilhou uma peça inspirada em Moby Dick, sugerindo que o presidente 'acenava para todos que permitiam sua loucura no fim dos tempos'.

Jim Carrey sempre foi bastante crítico do atual governo americano.

Solteiro

Em outras notícias, o ator e comediante está solteira, depois de terminar seu namoro de quase dois anos, com a atriz americana Ginger Gonzaga.

O casal começou a namorar em janeiro do ano passado, depois de atuarem juntos como namorados no drama da Showtime, Kidding, protagonizado pelo comediante.

Semanas depois de assumir o romance, os atores fizeram sua estreia no tapete vermelho do Globo de Ouro, onde seu programa foi indicado como a melhor série de televisão: musical ou comédia.

Segundo informações do programa E!News, os dois continuam amigos, mas decidiram seguir caminhos diferentes.