Notícias às 00:00

José Luiz Datena desiste de ser candidato a vice prefeito e segue na Band

Divulgação / TV Band

José Luiz Datena colocou ponto final na possibilidade de se candidatar a algum posto nas eleições municipais que acontecem em novembro. O apresentador era cotado para ser candidato a vice-prefeito de São Paulo, na chapa do atual prefeito Bruno Covas, que tentará se reeleger.

Datena é filiado ao MDB e o partido tinha esperanças de contar com seu nome como grande ‘puxador’ de votos no pleito. Ontem (10), criou-se a expectativa de que seria candidato, pois não participou do seu programa na Radio Bandeirantes. Explica-se: pela lei eleitoral, nenhum candidato pode, a partir desta terça-feira (11), participar de nenhum programa de rádio e televisão.

E para acabar com qualquer expectativa, ele comandou normalmente o programa Brasil Urgente, na TV Band. O partido tenta, mais uma vez, convencer José Luiz Datena a concorrer nas eleições de 2022.

Datena volta à Rádio Bandeirantes no programa 90 Minutos

“Se o Luciano Huck pode”

Em fevereiro, Datena aventava a possibilidade se sair candidato nas eleições de 2020. Durante recente entrevista ao Estado de S. Paulo, ele, aliás, chegou a dizer, entre outras coisas, que deve anunciar a decisão que tomou, sobre tal assunto, em março.

“Se o Luciano Huck pode ser candidato a presidente, por que eu não posso ser candidato a governador? Está tudo em aberto. Posso me filiar a um partido agora para disputar o Senado ou governo, mas a prefeitura não está descartada”, também afirmou Datena.

“Está em aberto minha filiação a um partido que possa se interessar. Não descarto o partido do Márcio França”, complementou o famoso apresentador, dizendo ainda que o partido Progressistas também está entre suas possibilidades.

Datena e filha posam de máscara: ‘Amor em tempos de pandemia’