Notícias às 14:50

Justiça arquiva inquérito policial que investigava o ex-BBB Lucas Penteado

Selfie Lucas Penteado
Foto: Reprodução/Instagram

O inquérito policial que investigava Lucas Penteado foi arquivado pela Justiça. O ex-BBB havia sido denunciado pela ex-namorada, Rariéllen Agda Silva, que o acusava de violência doméstica. Além disso, ela também acusou o ator e a mãe dele, Andréa Regina Prata Penteado, de sequestro, cárcere privado e lesão corporal. Todas as denúncias surgiram enquanto Lucas participava do BBB21.

Segundo a colunista Fábia Oliveira, do Em Off, o promotor de Justiça, Pedro André Picado Alonso, da promotoria de enfrentamento à violência doméstica, solicitou o arquivamento do inquérito, pois ele justifica que as provas de violência doméstica e cárcere privado mostradas pela ex-namorada são frágeis, ou seja, não são suficientes para a realização de uma ação penal e processo criminal contra Lucas.

Leia+: Assessoria de Lucas Penteado nega acusações contra o ator

Ainda de acordo com o promotor, as próprias mensagens apresentadas pela vítima demonstram que os familiares e amigos dela sabiam que ela estava na casa do ator por vontade própria.

Em relação às acusações de lesão corporal, a promotoria menciona que Rariellen não esteve presente no IML para fazer exame de corpo delito. Em vista disso, o promotor chegou à conclusão que “não há nos autos nenhum elemento, mínimo que seja, que corrobore as palavras da vítima”.

ENTENDA

Em fevereiro do ano de 2021, quando Lucas Penteado ainda estava no BBB21, a ex-namorada dele resolveu fazer um boletim de ocorrência o acusando de tê-la agredido, de ter sido forçada a fazer sexo com ele e de ter sido mantida em cárcere privado. Segundo ela, o ator a impedia de deixar a casa dele, pegava o celular dela e escondia a chave do apartamento.

LUCAS NEGA AS ACUSAÇÕES DA EX-NAMORADA

No dia 16 de abril de 2021, Lucas Penteado negou em depoimento na Delegacia de Defesa da Mulher, em São Paulo, as acusações feitas pela vítima.

No depoimento, que o UOL teve acesso, Lucas afirmou que a ex-namorada chegou a morar com ele, mas “sem ser convidada”, já que oito pessoas moravam em sua casa e etsávamos em época de pandemia.

Lucas ainda afirmou que o relacionamento não durou muito, apenas duas semanas, já que ele tinha alguns compromissos profissionais e que ela só deixou o local após ser obrigada pelos pais.

“Quando os pais [da suposta vítima] foram buscá-la, ela não queria ir embora do apartamento porque disse que me amava e queria casar comigo. (…) O pai dela a obrigou a ir embora”, disse Lucas em seu relato.

Leia+: Veja Lucas Penteado e Juan Paiva caracterizados como Claudinho e Buchecha

Sobre o fato de mantê-la em cárcere privado durante os dias que a ex ficou em sua casa, Lucas esclareceu que a porta não ficava trancada e que ela sempre ficou com o celular no local, podendo se comunicar com quem quisesse.

O ator ainda revelou que a ex foi demitida de um emprego e, para tentar reavê-lo, fez o boletim de ocorrência dizendo que tinha sido sequestrada.

Com relação às acusações da ex, em que ela revelou que era forçada a fazer sexo com ele, Lucas também negou, dizendo que era impossível manter relações sexuais com ela, já que ele dorme na sala com outros familiares.

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!