Notícias às 15:44

Justin Bieber ostenta dentadura de diamantes R$59 mil

Justin Bieber posa com dentadura de diamantes
Foto: Reprodução/Instagram @justinbieber

O cantor Justin Bieber impressionou os fãs ao aparecer com uma dentadura de diamantes avaliada em um valor altíssimo. O acessório, confeccionado pelo joalheiro Johnny Dang, pode chegar a custar até R$59 mil.

Leia+: Hailey Bieber passa por cirurgia cardíaca

O joalheiro é bastante famoso em Hollywood e fez questão de mostrar nas redes sociais o processo de elaboração da dentadura do cantor. No vídeo, Bieber apareceu sem camisa e com um molde na boca.

O acessório adquirido por Justin consiste em uma prótese fixada com uma cola especial e, para mantê-la, é preciso realizar manutenção continuamente.

Leia+: Justin Bieber lança o single “Honest”, feat. com Don Toliver

FERRARI PROÍBE JUSTIN BIEBER DE COMPRAR CARRO DA MARCA

A montadora italiana de carros esportivos não quer que Justin Bieber compre mais nenhum modelo da marca. A punição ocorreu depois que Justin violou o código de ética da Ferrari sobre o uso e manutenção de seus carros.

O artista havia comprado uma Ferrari F458 e certo dia deixou o automóvel num estacionamento do lado de fora de um clube de Beverly Hills, Até aí, tudo bem Mas ele simplesmente esqueceu onde teria guardado o veículo, que só foi encontrado duas semanas por um membro de sua equipe.

Depois disso, Bieber quis mudar a cor de sua Ferrari: de branco (cor original) para azul elétrico. Pelas regras da Ferrari, é proibido mudar. Ele pediu na West Coast Customs, na Califórnia – e não na sede da Ferrari, em Maranello, na Itália, assim como previsto pelo código de ética da casa italiana – que a alteração fosse feita.

Não satisfeito em burlar as regras, Justin Bieber ainda mudou as rodas de liga de metal, os parafusos visíveis e a cor do logo do Cavalinho Empinado no volante, que passou do tradicional vermelho – uma característica distintiva da marca italiana – para o azul elétrico. Por fim, não satisfeito, o pop star vendeu o automóvel num leilão em 2017.

De acordo com o código de ética da Ferrari, é proibido que proprietários repintem os modelos e façam leilões sem autorização. Por conta disso, a Ferrari vetou qualquer nova compra de Justin.