Notícias às 09:00

K-pop: Confira os projetos solos de sucesso do BTS e outros grupos

Reprodução/Instagram

Agora é pra valer! Na última sexta-feira (12), o aguardado projeto solo de Rosé, do BLACKPINK, chegou às plataformas digitais. Intitulado -R- (bem minimalista, né?!), o trabalho foi considerado um single álbum, ou seja, é um single que vem acompanhado de uma ou duas B-sides (faixas extras, que normalmente são versões diferentes de uma mesma canção). Nesse caso, foram duas músicas inéditas: On The Ground e Gone.

Mas isso significa que Rosé deixará o BLACKPINK? A respostas é: não! No K-pop é comum que os grupos tenham os projetos paralelos feitos pelos integrantes. Pode ser apenas uma canção, um EP, um álbum… Depende do que o cantor ou a cantora quer fazer e o investimento da gravadora. Vale ressaltar que isso não é necessariamente algo que indique o fim da banda, algo bem comum no ocidente (alô, *NSYNC!).

Conheça 7 grupos populares para assinar de vez a carteirinha K-popper

A SM Entertainment por exemplo, possui o projeto STATION, no qual os idols podem mostrar as ideias particulares e fazer colaborações com outros colegas, incluindo idols de outras empresas. É uma forma de dar chance à criação de conteúdo que não necessariamente funcionaria nos conceitos dos grupos, bem como uma maneira eficiente de ver quem pode seguir uma carreira sólida fora do grupo.

Dito essas coisas, chegou a hora de conferir alguns dos solos famosos entre os principais grupos sul-coreanos. 

Vem conferir!

 

BTS

O grupo masculino mais famoso da terceira geração do K-pop conta com potentes projetos solos, a começar por Suga. O rapaz é responsável pelos álbuns Agust D e D-2, ambos sob o nome Agust D, alter ego do cantor e rapper.

Enquanto isso, J-hope conta com o disco Hope World, muito desejado pelos fãs do BTS, e o mais recente lançamento foi Chicken Noodle, de 2019, em parceria com a cantora Becky G, fã assumida dos rapazes.

Jin e V ainda não possuem um EP ou álbum propriamente dito, mas juntos eles são os responsáveis por It’s Definitely You, canção que fez parte da trilha sonora da série sul-coreana Hwarang. Outro contribuição sonora de V foi para Itaewon Class, com a faixa Sweet Night.

No entanto, Abyss, de Jin, e Scenery, de V, são queridinhas pelo público, que as receberam com muito amor e ânimo.

Chegando em RM, líder do BTS, existe o álbum Mono. Intimista, suave e repleto de emoção conta com significativa Moonchild. Além disso, RM fez a estreia solo com Change, colaboração com o rapper norte-americano Wale. Em 2019, após o estouro de Old Town Road (Lil Nas X e Billy Ray Cyrus), veio a versão Seoul Town Road, fazendo alusão à capital da Coreia do Sul.

Por enquanto, Jungkook e Jimin ainda não fizeram a estreia solo deles.

BTS desbanca Taylor Swift e é o maior artista global de 2020

Jennie – BLACKPINK

Autoexplicativo, o single de lançamento de Jennie, intitulado SOLO, foi o primeiríssimo trabalho de uma das integrantes do girl group, disponibilizado em 2018. A canção mostra que além de uma boa rapper, Jennie consegue cantar bem, possui um lindo videoclipe e a coreografia, simples, combina bastante com a proposta da música.

Até o momento, esse é o único projeto solo da jovem.

Baekhyun – EXO

Segundo a Korean Sales, uma página no Twitter de monitoramento das vendas físicas e digitais dos artistas sul-coreanos, classificou o integrante do EXO como o solista masculino que mais vendeu ao longo de 2020. Foram mais de 1 milhão de cópias do segundo mini-álbum dele, Delight.

Taemin – SHINee e SuperM

Considerado um dos solistas de maior sucesso do universo K-pop, Taemin faz parte de dois boy groups e assina quatro álbuns completos e dois mini-álbuns. Nada mau, né?! E são mais de cinco singles também.

K-pop: TXT fica entre os assuntos mais falados do Twitter