Notícias às 10:42

Karin Hils comenta repercussão ao contar que é bissexual: ‘Não tem que ser um tabu’

Reprodução/Instagram

A cantora Karin Hils voltou às redes sociais no último domingo (17), para comentar a repercussão de sua experiência com a caixinha de perguntas do Instagram que teve no sábado (16). Entre diversas perguntas, uma delas foi sobre a sexualidade da artista e ela foi sincerona.

Karin Hils e João Carlos Martins dão show em live

“Que pergunta? Ué, gente? Tô viva. Para falar a verdade, eu tive mais sorte com menina do que com menino. Conheci mulheres incríveis”, disse. “E homens fracos”, completou, contando a respeito da sua bissexualidade.

Com isso, Karin voltou ao assunto depois de perceber que sua vida pessoal chamou a atenção.

“Nunca fui muito de expor minha vida pessoal. Já amei, já fui muito apaixonada. Sempre fui uma pessoa que gosta muito de gente. Gente inteligente, interessante, que me agrega. Isso [sexualidade] não tem que ser um tabu”, afirmou ela. “Tive um relacionamento com uma mulher por ano, depois com outra mulher por mais um ano", explicou, sem citar nomes.

Karin Hils: ‘Recorri ao auxílio emergencial, sou artista mulher e preta’

Rouge e suas relações

 

Integrante do famoso grupo que fez a festa de muita gente no início dos anos 2000, Karin disse ter ficado surpresa com o modo como as pessoas receberam a sua declaração sobre as meninas da banda.

“Fiquei chocada e surpresa, Tanta coisa séria e importante acontecendo no Brasil e no mundo. Artistas precisando se unir para mandar oxigênio a Manaus… Isso deveria ser fórum de discussão, não o fato de eu ser amiga ou não das meninas como vocês gostariam.”

No sábado, a famosa afirmou que sua relação com Fantine Thó, Li Martins, Aline Wirley e Lu Andrade – a outras integrantes da banda – não têm um convívio íntimo.

Karin Hils faz suspense sobre nova canção em carreira solo

“Temos um grupo no WhatsApp, chama-se ‘As Rouge Tudo’, mas quase nunca tem alguma coisa. Não é um grupo de amiga porque a gente não é amiga”, disse, na resposta à questão de uma pessoa. “Temos laços de cumplicidade”.