Notícias às 06:00

Kate Beckinsale defende mulher de John Legend após críticas

Reprodução/Instagram

Kate Beckinsale ficou tocada pelo que aconteceu com a modelo Chrissy Teigen que sofreu um aborto na metade da gestação, do terceiro filho que esperava com o marido John  Legend. A atriz de 47 anos revelou que ela sofreu secretamente a perda dolorosa de um bebê na 20ª semana de gravidez, e ao contrário de Chrissy, na época, optou por não revelar nas redes sociais. 

No Instagram, a atriz britânica falou em defesa da escolha de Chrissy e Legend de compartilharem a notícia publicamente, enquanto se abriu sobre como foi forçada a lidar com sua própria dor em particular: 

"Anos atrás, perdi um bebê com 20 semanas. Consegui manter minha gravidez em segredo e absolutamente desabei por dentro e ninguém soube. Tenho notado que as pessoas criticam @chrissyteigen por compartilhar fotos profundamente íntimas da perda de seu bebê. Como se houvesse algum protocolo durante a calamidade da purificação da alma que, se não observado, incentiva as pessoas que não a conhecem ou a sua família a dizerem como ela deve lidar com o inimaginável.", escreveu. 

Beckinsale apoiou a modelo em sua decisão, e acredita que essa escolha deve ter sido melhor para ela. 

Em seu caso, a atriz comentou que sofreu muito mais ao esconder a notícia e lidar sozinha com sua dor.

 

Críticas

 

Kate Beckinsale se tornou alvo de polêmicas recentemente, afinal, ela foi bastante criticada por estar se relacionando com o roqueiro Goody Grace, 24 anos mais novo que ela. 

Inclusive, Kate e Goody estão isolados juntos durante a pandemia do novo coronavírus, e foram vistos passeando pela rua diariamente, surgimento mais críticas pela artista estar de quarentena com o músico de 22 anos. 

Em entrevista à revista Women’s Health, a atriz respondeu aos comentários críticos que vem recebendo, afirmando que é extremamente comum ouvir que é velha demais para “se divertir com um cara mais novo”. 

“Pode parecer um ato político ser uma mulher com mais de 32 anos que se diverte – 'Oh meu Deus, vou sentar em casa e antecipar a menopausa enquanto faço crochê'”, afirmou ela.

“A menos que você esteja fazendo isso, de alguma forma parece arriscado, o que é simplesmente ridículo”, continuou Kate, de acordo com o jornal Mirror. 

“Testemunho homens constantemente fazendo o que querem, seja em relacionamentos ou decidindo comprar uma moto ou fazendo uma tatuagem. Não foi interpretado como 'por que ele não teve mais filhos?' ou 'por que ele tem tantas namoradas?'”, concluiu.