Notícias às 09:00

Kerry Washington quer ensinar diferente a história negra

Reprodução/Instagram

Kerry Washington planeja mudar a forma que seus filhos aprendem sobre a história negra. A ex-atriz da série Scandal, de 43 anos, é mãe de Caleb, de três anos, e Isabelle, de seis, com seu esposo Nnamdi Asomugha, e revelou ao apresentador Jimmy Kimmel que tem conversas abertas com as crianças sobre o tema, em meio aos protestos contra o racismo nos Estados Unidos e em outras partes do mundo.

Black Lives Matter: Da vida real ao audiovisual e literatura

"Existem muitas publicações que parecem descobrir que o racismo existe, ao invés de saber que ele existe. Então, acho que para muitas famílias negras, não temos o privilégio de ignorar o que está acontecendo e fingir que não está acontecendo", afirma.

Kerry espera que os protestos contra o racismo conduzam a uma renovação na forma que ensinam as crianças sobre a história negra. A estrela de Hollywood também revelou que esteve contemplando muito os problemas de raça e educação nas últimas semanas.

Ela disse: "Estive pensando muito na educação e em falar sobre raças e introduzir ideias de raça. E realmente penso na ideia de que, para muitas crianças… as crianças são introduzidas ao assunto durante o Mês da História Negra ou no conceito dos criadores de mudanças como Martin Luther King Jr. e Rosa Parks. E acho que é realmente importante começarmos a mostrar a ideia de raça como uma história negra que começa antes de ensinar as crianças o que dizem as pessoas negras que elas não podiam fazer, não é? Então estão os Guerreiros Masai e os reinos de Ghana, e a Rainha Nefertiti e as pirâmides do Egito. Mas a ideia é ensinar as crianças que a história e as pessoas negras eram muitas coisas antes da segregação e de Jim Crow e o Movimento pelos Direitos Civis. Para compreendermos nossa bela complexidade, elegância e riqueza da história dos negros antes de negarmos subir na parte de trás do ônibus", criticou.

Kerry Washington quer manter os filhos longe dos holofotes
Kerry Washington confessa preocupação com violência policial

Criando os filhos longe dos holofotes

Kerry Washington afirmou que está sempre 'vigilante' em relação aos filhos e a mantê-los longe do escrutínio de Hollywood e das mídias.

A atriz afirma que é um trabalha duro manter sua vida pessoal o mais privada possível nos tempos de hoje.

Falando sobre seus filhos, ela disse: "Eu sou muito, muito vigilante [para mantê-los fora dos olhos do público]. Essas são as vidas deles. Mas não se trata de fazer de Rapunzel e escondê-los em um castelo, longe do mundo – nós não queremos fazer isso. Acho que qualquer pai gostaria de manter os filhos longe de uma situação que os faz sentir medo. Não quero que eles sejam explorados, principalmente neste mundo das mídias sociais", afirma à revista InStyle, da qual é capa de março.

A atriz assegura que se sente muito agradecida 'pelos privilégios extraordinários' que a fama lhe deu, mas ela admite que a fama pode ser um pouco complicada, principalmente quando as pessoas acreditam que já a conhecem:

"É uma dinâmica interessante e vulnerável (…) A fama também veio com privilégios e benefícios extraordinários além do que eu possa articular", justifica.