Notícias às 10:00

Kim Kardashian está determinada a virar advogada

Reprodução/Instagram

Kim Kardashian está determinada a conquistar seu título de advogada em 2022. A socialite contou em uma nova entrevista à revista Grazia USA que com certeza seu falecido pai, o advogado de celebridades Robert Kardashian, teria sido seu 'companheiro de estudos' enquanto ela treina para começar a trabalhar na área. 

A empresária de 39 anos está atualmente cursando a faculdade de direito na esperança de um dia seguir os passos do pai, que ganhou fama e popularidade por ter sido um dos advogados que trabalhou na defesa de OJ Simpson durante seu julgamento por assassinato em 1995. 

Kim disse que sempre sonhou em ser advogada como seu pai – que faleceu em 2003 – e gostaria que ele ainda estivesse por perto para ajudá-la a estudar para o exame da ordem, que ela espera fazer em 2022. 

"Certa vez, ele me disse: 'Acho que você seria ótima nisso. Mas também acho que é muito estressante e exaustivo. Então, se você quer uma vida sem estresse, talvez não faça faculdade de direito' (…) Ele teria ficado encantado… Ele teria sido meu parceiro de estudos", justificou Kim. 

"Eu costumava estar sempre procurando nas coisas dele, tentando examinar seus casos no fim de semana, quando minhas irmãs estavam tentando festejar e se divertir e não conseguiam nem entender por que eu queria isso… Eu estava tão intrigada e era tão intrometida", relembrou. 

E Kim terá mais tempo para estudar no próximo ano, conforme ela revelou recentemente, já que sua famosa família encerrará seu reality show de sucesso, Keeping Up with the Kardashians.

Post de Kim Kardashian em que ela aparece com o pai

Estratégia comercial

 

A notícia de que no ano que vem terminam as transmissões do popular programa do canal E! Keeping Up With the Kardashians pode ser uma estratégia comercial da matriarca e empresária da família, Kris Jenner. Na semana passada, Kim Kardashian deixou os fãs do reality show tristes ao anunciar que em 2021 a temporada 20 será a última. 

Mas agora a revista OK! afirma que isso pode ser apenas uma estratégia de Kris Jenner para ganhar muitos milhões a mais com um novo contrato, longe das câmeras do canal E!, que já chegou a pagar em 2017, US$ 150 milhões (R$ 796 milhões) por uma renovação de quatro temporadas. 

Segundo fontes próximas à produção do show, há relatos de que gigantes do streaming, como Netflix, Apple e Amazon, estejam negociando a continuação do polêmico programa familiar. Quem der mais, leva o programa. 

"Existe uma negociação (…) Kris não dá ponto sem nó… ela sabe o que está fazendo, e pode surgir um contrato milionário para beneficiar a todos", comentou um informante. 

Recentemente Jenner falou sobre a notícia do final da série, revelando que todos estavam tristes por terminar esse ciclo.

Kim Kardashian afirma que tem muita sorte por sua família
Kim Kardashian baba pelo filhos em álbum de fotos da família