Notícias às 17:00

Kourtney Kardashian fala com os filhos sobre racismo

Reprodução/Instagram

Embora a nova geração da família Kardashian-Jenner seja mista, com True Thompson, Stormi Webster, Dream Kardashian, North, Saint, Chicago e Psalm West, filhos de pais negros, Kourtney Kardashian está conversando com seus filhos sobre o privilégio dos brancos em meio aos protestos globais da Black Lives Matter,  provocados pela morte de George Floyd nas mãos da polícia branca de Minneapolis, Minesota, Estados Unidos, no mês passado. 

A estrela de 41 anos escreveu um longo post no Instagram falando sobre sua responsabilidade de garantir que seus três filhos sejam educados sobre as questões raciais. 

“Como mãe, existe um instinto natural de proteger meus filhos de qualquer coisa que possa fazê-los sentir-se tristes ou inseguros. A dor e o sofrimento infligidos pelo racismo não são coisa do passado e eu assumo a responsabilidade de falar com meus filhos com honestidade e frequência, mesmo quando a verdade é desconfortável”, escreveu Kourtney ao lado de uma foto dela com seu filho mais velho Mason, de 10 anos. 

Kourtney, que também é mãe de Penelope, de sete anos e Reign, de cinco, com seu ex-companheiro Scott Disick, continuou: "Eu tenho que garantir que eles entendam o que significa ter privilégio de brancos e dedicar tempo para aprender e discutir a história negra, além de fazê-lo apenas durante um curto mês por ano.", justifica. 

"Encorajo outras mães a se juntarem a mim usando isso como uma lição de aprendizado para nossos filhos, para permitir que eles se sintam confortáveis ​​o suficiente para vir e conversar conosco sobre qualquer coisa", explica, e acrescenta: "Não sabemos tudo, mas sinto que sempre estive do lado certo disso (…) Tenho muito a aprender e quero me educar ainda mais, para poder ser uma mãe melhor, uma tia melhor para minhas sobrinhas e sobrinhos, uma melhor amiga e uma pessoa melhor", afirma. 

Flertando com o ex

 

Scott Disick e Kourtney Kardashian são 'melhores amigos' e não há, segundo a socialite, qualquer intenção de se reconciliar romanticamente com o pai de seus três filhos. 

As estrelas de "Keeping Up with the Kardashians" saíram entre 2006 e 2015, mas, apesar de terem se separado, eles permaneceram próximos pelo bem de seus três filhos – Mason, de 10 anos, Penelope, de sete e Reign, de cinco. 

Na semana passada, o ex-casal passou um tempo em Utah com as crianças para comemorar o 37º aniversário de Scott, e fontes do canal E! disseram que o casal se divertiu muito com os filhos, como uma família. 

A fonte explicou: "Kourtney e Scott se divertiram tanto com as crianças em Utah, e as crianças querem que eles façam viagens em família mais frequentemente. Scott está tão feliz que ele e Kourtney se dão tão bem e como é fácil estar com ela. É estranho para todo mundo, mas não para eles. Eles são realmente como melhores amigos. ", assegura. 

O informante também afirmou que Scott – que recentemente terminou com sua namorada Sofia Richie – sim está 'flertando' com Kourtney, de 41 anos, embora a irmã de Kim Kardashian 'não esteja aberta a ele em um sentido romântico'. 

Uma fonte contou à revista Us Weekly: "Kourtney não está aberta a ele em um sentido romântico, mas Scott está sempre flertando com ela e acha que ela está melhor do que nunca. A família também o ama e ele é como outro filho de Kris [Jenner]."

Recentemente uma revista comentou que Kourtney não descarta ter outro filho de Scott, mas sem qualquer vínculo romântico com ele. Apenas para que ele seja o pai de todos os seus filhos: "Ela não gostaria de ter filhos com homens diferentes e Scott é e sempre foi um excelente pai para as crianças".

Khloe Kardashian vai vender a casa onde mora
Khloe Kardashian mostra como são os treinos na quarentena
Sofia Richie incentivou Scott Disick a buscar ajuda