Notícias às 03:00

Kris Jenner defende a Kendall por sua festa de aniversário

Reprodução/Instagram

Kris Jenner defendeu sua família das críticas recentes que Kendall Jenner recebeu por ter reunido muita gente em sua festa de Halloween/Aniversário, fim de semana passado, onde a modelo se disfarçou de Pamela Anderson como Barbarella.

Kim Kardashian afirma que tem muita sorte por sua família

Kendall foi criticada pela festa em meio à pandemia do coronavírus, mas Kris esclareceu que tudo foi organizado para preservar a saúde de todos os convidados, que foram devidamente testados antes de participar da celebração.

A matriarca da família Kardashian-Jenner apareceu no programa de rádio da Sirius XM, de Andy Cohen dia 2 de novembro, e compartilhou seus pensamentos sobre a festa de 25 anos de Kendall, e comemoração do Halloween, sem máscaras de proteção contra a covid-19:

“Vivemos nossas vidas tentando ser apenas pessoas realmente boas (…) Estamos lidando com muitas pessoas que têm opiniões diferentes e tudo o que podemos fazer é viver nossas vidas da melhor maneira que sabemos e ser responsáveis ​​e fazer a coisa certa. E estamos fazendo isso… sou muito sensível a tudo o que está acontecendo", justifica.

Ela também reiterou que a família é frequentemente testada para a COVID-19 por causa de seus empregos.

Kim Kardashian organiza festinha de Halloween

"Na festa de Kendall, todos foram testados antes de entrarem pela porta e tiveram que esperar meia hora até que os resultados chegaram, portanto, somos realmente responsáveis ​​e garantimos que todos em nossa família e nossos amigos mais próximos sejam testados religiosamente. Nós fazemos o que podemos. Tentamos seguir as regras. E então, se as pessoas estão comentando e estão sendo críticas, não posso controlar isso", disse Jenner, embora a festa fosse contra as novas regras para reuniões em Los Angeles.

"Eu simplesmente posso controlar como nos comportamos e tento fazer o melhor que podemos.", advertiu.

Na festa de Kendall, repleta de celebridades entre eles, Justin Bieber e Hailey Bieber, aparentemente ninguém estava usando máscaras.

De acordo com o programa Entertainment Tonight, os convidados tiveram que fazer testes rápidos da COVID-19 antes de entrar no evento, mas mesmo assim muitos criticaram a família por sua decisão de ir contra as regras de eventos na Califórnia.

Kanye West surpreende Kim Kardashian com holograma do pai

Briga

De acordo com o Portal Us Weekly, Kendall Jenner recebeu uma bronca do namorado de sua mãe, Corey Gamble, após uma briga entre a jovem e sua irmã, Kylie Jenner, depois que essa se recusou a dar uma carona para Kendall. O empresário, de 39 anos, acabou se envolvendo no desentendimento.

Após o ocorrido, a modelo queria um pedido de desculpas do padrasto, mas Corey decidiu ir contra a maré.

"Deixe-me dizer uma coisa. Kendall, você tem sido uma pessoa rude há anos, cara", desabafou ele ao telefone. "Você é uma babaca quando quer. Você fica irritada sem motivo", continuou, como mostrado no novo episódio do reality Keeping Up With The Kardashians.

"Só porque eu não puxo o seu saco, não significa que eu seja uma babaca", retrucou Kendall, continuando o desentendimento.

 

Entenda o caso

Na última semana, a briga entre as irmãs Jenner deu o que falar na família. Durante uma viagem para Palm Springs, na Califórnia, Kris Jenner, Kourtney, Kim e Khloé Kardashian passaram a ouvir uma gritaria no telefone durante a ligação para Kendall e Kylie.

Pelos relatos de Kendall, que entrou no carro onde estavam as outras depois de ter parado em um posto de gasolina, ela queria dar uma rápida pausa para utilizar o banheiro e sugeriu dar o endereço de sua casa ao motorista do veículo, porém, Kylie não gostou da ideia e afirmou que não autorizartia a carona.

O clima esquentou ao ponto de a mãe de Stormi desferir um tapa contra a modelo, que revidou e logo na sequência foi agredida novamente com um sapato.

Corey, que estava com as enteadas, acabou defendendo Kylie e piorou o cenário.