Notícias às 12:00

Kristen Bell diz que filhas bebem cerveja sem álcool. Entenda!

Reprodução/Instagram

Kristen Bell revelou que suas filhas com Dax Shepard tem ajudado o pai em seu processo de sobriedade, mas a maneira aderida por Lincoln, de sete anos, e Delta, de cinco, é um tanto quanto inusitada. Segundo a atriz, as meninas bebem cerveja sem álcool.

Leighton Meester e Adam Brody são pais pela segunda vez

"Vou receber muita crítica por isso. E deixe-me começar dizendo que não me importo", destacou Kristen na entrevista ao podcast Say Yes! with Carla Hall. "Vocês podem me dar qualquer conselho que queiram, qualquer um desses ouvintes. Podem me dizer que sou uma péssima mãe. Não me importo. Sou uma ótima mãe, acho. Estou aprendendo todos os dias", continuou.

A estrela de The Good Place reforçou que o tipo de bebida que as meninas igerem realmente não contém álcool e explicou por que as filhas passaram a apreciar a bebida.

"Quando tivemos nossa primeira filha e meu marido a colocava no carregador para caminharmos pela vizinhança, ele pegava uma cerveja sem álcool na mão e a bebê a apalpava e colocava a sua borda na boca dela. É uma coisa sentimental para as minhas meninas, certo? Faz com que se sintam próximas do pai", disse.

Reinício de Gossip Girl é adiado para 2021 por pandemia

Kristen apontou também que o fato de Dax enfrentar o alcoolismo não é um tabu dentro de casa, sendo um assunto conversado abertamente.

"Falamos com elas sobre a sobriedade [de Dax], sobre a importância disso e sobre o porquê do papai não poder beber."

Liberdade

 

Kristen Bell deu sua posição em relação à comunidade LGBTQIA+ em um novo podcast, e assegurou que não se importará se uma de suas filhas, quando crescer, tenha outra orientação sexual.

A estrela de Frozen I e II, mãe de Lincoln, de sete anos, e Delta, de cinco, com seu marido Dax Shepard, afirma que vai amar suas filhas incondicionalmente independente de qualquer coisa, e não se importaria se uma, ou as duas, se tornassem membros da comunidade LGBTQIA+.

"Sei que não me importo se minhas filhas crescerem e escolherem sua carreira, sua orientação sexual, suas escolhas no amor. Eu só vou amá-las muito, porque só estamos aqui no mundo uma vez, e qual o sentido de odiar tanto? Sei que os seres humanos são seres humanos. E que o amor é amor, e o amor não é algo que te desafia, você precisa procurar a mesmice se quiser ser feliz. Então por que eu vou me importar com quem ama quem? Não é problema meu", justificou.

Kristen Bell revela que filha de cinco anos ainda usa fralda

Kristen também insistiu que está criando as meninas para serem 'anti-racistas', e disse que ela e o marido estão comprometidos a ensinarem suas filhas a serem 'mulheres moralmente compassivas'.

Ela acrescentou: "Vou criar anti-racistas. Meu marido e eu temos fortes opiniões; conversamos muito. Nossas filhas são um pesadelo. Elas são um pesadelo porque vão te dizer a opinião delas. Constantemente brincamos com o fato de que estamos criando duas meninas e que elas vão ser um pesadelo aos 18 anos, mas Deus vai abençoá-las quando elas estiverem no mundo, elas serão mulheres formidáveis, com opinião própria, gentis, moralmente compassivas, e eu agradeço muito por isso", assegurou.