Notícias às 07:00

Kyra Gracie rebate críticas: ‘Hoje me sinto muito mais livre para ser quem eu sou de verdade’

Reprodução/Instagram

Kyra Gracie, é uma mulher corajosa e encarou ataques nas redes sociais quando postou uma foto ao lado do recém-nascido Rayan, seu filho com o ator Malvino Salvador, com o corpo de uma maternidade real. Com essa atitude ela trouxe uma mensagem importante: ajudar a desmistificar não só a maternidade, mas o corpo feminino e a busca pela perfeição inexistente. Ao OFuxico, com exclusividade, a lutadora rebate as críticas e fala sobre a importância de manter sua essência, independente da opinião alheia. 

Equilíbrio

Ciente sobre os comentários maldosos, Kyra tem no esporte a busca pelo equilíbrio. 

“Eu cresci escolhendo uma profissão diferente da maioria das mulheres, e isso me colocou no foco de muitos julgamentos. Lidar com as críticas dentro do esporte me deixaram preparada para essas situações. Usar as críticas para o meu crescimento e não para me afundar, é chave para o sucesso.”

“O que eu sinto que aconteceu foi que eu acabei deixando de ir a certos lugares por conta de paparazzi, por estar “fora de forma” depois da gravidez. Eu iniciei uma reflexão importante comigo mesma, da minha responsabilidade quanto a isso. Eu acabei tendo uma conduta pautada no receio de possíveis críticas que poderia receber, e acabei indo por um caminho que foge de quem eu sou.” 

Um é pouco, dois é bom e três é melhor ainda… 

“É uma loucura maravilhosa! O dia a dia com um bebê tão novinho já mexe com a rotina de uma casa, de uma família. Quando esse bebê chega em um lar com outras crianças, confesso, fica tudo bem mais animado. Mas as meninas não têm personalidades agitadas, o que ameniza bastante os desafios do dia a dia. A verdade é que estamos todos muito apaixonados pelo pequeno. E cada um faz um pouquinho. Cada um faz a sua parte para cuidarmos dele, até mesmo as irmãs”, disse.

Parto Natural

Mãe de três filhos, Ayra, Kyara e Rayan, a lutadora fez questão de optar pelo parto natural para ter uma recuperação mais saudável. 

“A minha preparação fez toda a diferença, pois sempre cuidei muito da minha saúde. Eu estava pronta para a chegada de uma vida, e isso foi essencial na hora do parto e na recuperação após o nascimento dos meus três filhos. Quando eu soube que estava grávida, foquei na yoga, preparação física e massagem para deixar o corpo e a mente prontos para o momento do nascimento”. 

Sobre a amamentação ela disse:


“Existe um processo doloroso, quando o leite chega dói muito, o bico racha… Quando o neném mama, você vai na lua e volta… Não foi fácil em nenhuma gestação, mas eu decidi que teria que passar por isso. Sei da importância do leite materno. Mas conheço algumas mães que pararam e está tudo bem em relação a isso. Cada mãe que decida o que é melhor pra ela e o bebê. Nesta gestação, eu tive entupimento de ductos e quase entrei no antibiótico. Não está sendo fácil. Sinto muita dor”, desabafou. 

Kyra e Malvino Salvador com Ryan na maternidade

Haters nas Redes Sociais

Deixar de existir nas redes sociais nunca foi uma opção, mas um processo de amadurecimento para entender e aceitar que ela é de verdade. 

“As redes sociais são importantes para o trabalho sim, mas também para incentivar bons hábitos e dar bons exemplos. Para abordar assuntos relevantes, e levar informação. O que não pode acontecer é virarmos uma mentira, nos tornarmos uma pessoa perfeita, com um padrão estético que não existe, que ninguém alcança. Todos nós passamos por vários momentos, transformações no corpo e na mente, que também podem ser relatadas nas redes sociais. Hoje me sinto muito mais livre para ser quem eu sou de verdade nas redes sociais”, disse. 

Depois que começou seu relacionamento com Malvino, a exposição foi ainda maior, mas Kyra soube como se adaptar. 

“Eu tive momentos de maior exposição, não estava acostumada com esse tipo de relação tão próxima com o público, mas tudo pode nos trazer lições. O que eu aprendi é que não posso mudar a minha essência e querer me enquadrar em um padrão imposto de perfeição. Sou quem eu sou, tenho as minhas fragilidades e minha essência não pode mudar”, afirmou.

Família Gracie

Kyra, 35 anos, é uma mulher jovem e bem-sucedida. Ela faz parte de uma família com tradição no jiu-jitsu e foi a primeira mulher a conquistar a faixa preta. 

“Eu tenho muito orgulho da história de sucesso da minha família. Eles começaram a dar aulas de jiu-jitsu na década de 20, no tapete de casa. Hoje o jiu-jitsu está no mundo inteiro, dando oportunidades de trabalho para milhares de pessoas, além de melhorar e incentivar uma vida saudável a outros milhares de praticantes. É um orgulho enorme para mim e para o Brasil. Fui a primeira mulher a conquistar a faixa preta, e fico muito feliz de ter escrito o meu nome na história junto com os meus maiores ídolos”, disse. 

De geração em geração, ela ensina para os filhos, a importância do esporte. “A autoconfiança que o jiu-jitsu me deu foi a chave para todas as minhas conquistas na vida. Viver a vida ancorada em valores, traz felicidade pois você sabe se está no caminho certo.”

Mas há algo a mais, sobre suas ambições ela falou: “Eu quero ser feliz todos os dias no âmbito pessoal e profissional. Ser uma empresária e palestrante de sucesso é a minha busca no momento na parte profissional, e isso me motiva todos os dias a evoluir, fazer cursos, liderar pessoas. Na verdade, depois da chegada dos meus filhos, tudo o que eu faço é para servir de exemplo para eles. Quero que tenham orgulho da minha trajetória. Na parte pessoal, quero poder, daqui há alguns anos, ter a certeza de que meus filhos são pessoas íntegras e com uma base familiar sólida. E para isso, cada detalhe do hoje faz a diferença”, respondeu.

Com um canal no youtube, a lutadora usa suas técnicas para ensinar as mulheres defesas pessoais. 

“A minha família ensina Defesa Pessoal há quase um século e eu trouxe o olhar da mulher para as situações de risco. Eu vi a necessidade de ajudá-las através do jiu-jitsu, pois os dados de violência não param de crescer e são alarmante”, explicou. 

Em busca pela igualdade de gênero, muito se discute sobre cavalheirismo, quando questionada se o maridão é um homem romântico, do tipo que manda flores, Kyra tem a resposta na ponta da língua. 

“O nosso relacionamento se baseia em muita parceria e conversa. Conversamos sobre tudo e chegamos a um denominador comum. Às vezes, um cede em algum assunto e outro, em outro. O equilíbrio é essencial para o relacionamento. O Malvino não é o tipo super-romântico, e isso já me incomodou em alguns momentos, mas hoje aprendi a lidar (risos)”, finalizou.

Malvino Salvador e Kyra Gracie possuem total sintonia