Notícias às 19:00

Leitura especial! Othon Bastos e Patricia Pillar declamam poemas de Carlos Cardoso

Othon Bastos e Patricia Pillar usam roupas brancas

TV Globo/Gustavo Scatena/Reginaldo Teixeira/Divulgação

O poeta Carlos Cardoso transformou o tema da Melancolia no livro homônimo, vencedor do Prêmio APCA/2019, na categoria “Poesia”. Como proposta de inserção do livro em outras áreas artísticas, algumas poesias da obra ganharam leituras em vídeos de atores como Othon Bastos e Patricia Pillar, que estão disponíveis no canal de YouTube (Carlos Cardoso, Poeta) do autor e em suas redes sociais, e alguns poemas, lidos por Othon Bastos, foram vinculados no Canal Curta!.

Convidado para fazer leituras do livro, Othon Bastos, ator de teatro, cinema e TV, e notoriamente um apaixonado por poesias desde a infância, se viu tocado e sensibilizado pela poesia de Carlos Cardoso.

Veja+: Suely Franco estará na próxima Leitura Viva com texto de Miguel Falabella

“Melancolia…quantos significados tem essa palavra. Tem tudo que você pode imaginar nessa palavra, mas o que em encantou no livro do Carlos é o modo como ele fala da Melancolia… com muita esperança… Uma melancolia que ele lembra que a vida é importante e não um aborrecimento, uma tristeza uma aflição, uma coisa escura. Nada! É como se bastasse um raio de sol para afugentar todas, todas as escuridões”, destacou o ator.

E completou:

“Eu gostei do livro e por isso me deu uma vontade de ler as poesias dele. É um poeta com uma imensidão pela frente. Ele tem muita vontade dentro dele. Ele diz com muita esperança “trago no bolso uma arma que é o papel e uma caneta sem pólvora”. Ele vai crescer ainda mais como poeta e não é a toa que ganhou um importante prêmio. As pessoas perceberam o significado desse livro e o significado da palavra Melancolia.,. Parabéns!”, declarou.

A atriz Patricia Pillar, que já recitou os poemas “Pedra pura” e “Pretexto”, do livro Melancolia, compartilhou os vídeos em suas redes sociais.

Veja+: Nostalgia! Patricia Pillar relembra início de carreira e estreia nas novelas em Roque Santeiro

Livros do poeta Carlos Cardoso (Divulgação)