Notícias às 18:02

Lexa lança documentário em série: ‘Vão conhecer o meu eu mais humano’

Retrato de Lexa no videoclipe da canção Vai Descendo

Lexa promete passar ao público um lado muito mais pessoal no projeto (Foto: Reprodução/YouTube)

A partir desta quinta-feira (24), os fãs de Lexa vão poder acompanhar um documentário exclusivo envolvendo a cantora, ou melhor, a Léa Cristina. Pelo Globoplay, a carioca vai lançar “Lexa: Mostra Esse Poder”, um projeto que veio para mostrar o lado mais cru e real dela.

“O público vai poder conhecer o meu eu mais humano e as dificuldades que enfrentei, escondi”, afirmou ela durante a coletiva de imprensa que rolou nesta quarta-feira (23). “Crise de ansiedade, perrengue nas aulas de inglês, a minha origem, como cheguei aqui”, disse ela, dando maiores detalhes da narrativa.

“Não tenho uma capa de proteção. Mostra minhas inseguranças e mostra que sou um ser humano também.”

Veja +: Lexa surge exuberante no videoclipe da música ‘Taradinha’

Serão quatro episódios documentais e em outubro, o trabalho será transmitido pelo canal Multishow, onde Lexa aposta no lado apresentadora.

E como a “docusérie” é “uma realização”, vai dar espaço para a “minha história, minha vida na comunidade e evolução”, nada mais justo do que ter menções aos funk, gênero musical pelo qual se lançou e continua a fazer sucesso.

“Com certeza fala muito da evolução do funk. Quero que o funk voe!”, garantiu a dona do sucesso “Chama Ela”, feat com Pedro Sampaio. Além disso, Lexa avisou que Tati Quebra Barraco, Mãe Loira, MC Carol e tantas outras precursoras do ritmo estão presentes no projeto.

Gratidão também não faltou para as cantoras, as quais ela exaltou e seguem abrindo espaço para que o funk continue a crescer no meio feminino, apesar do machismo que ainda existe.

Veja +: Lexa presta homenagem a MC Kevin

Mais participações e o orgulho

Lexa avisou que Xuxa Meneghel, Preta Gil e Anitta são outros nomes conhecidíssimos que estarão no documentário como uma forma de “exaltar as mulheres no geral”.

Continuando, a esposa de MC Guimê lembrou que a empreitada é mais um forma da galera conhecê-la para além de seu status de relacionamento e presença no palco. Ao produzir a docusérie, ela até mesmo a viu com outros olhos e percebeu algumas qualidades a mais.

“Pensei: ‘Sou muito esforçada’ [risos]. Percebi também que sou uma pessoa muito educada, juro. Uma meia dúzia de pessoas mereciam que eu mandasse para aquele lugar e eu fiquei tranquila”, brincou.

Veja +: Parente deixa Lexa com receio de rebolar na internet

Um recadinho para o passado

Questionada sobre como a Lexa mais nova reagiria se soubesse que seria uma cantora de sucesso hoje em dia, a cantora divertiu: “Ela desmaiaria!”. Na sequência, explicou:

“É muito complicado, mas eu sempre tive muita força de vontade, então, se eu encontrasse a Lexa e falasse pra ela que ela seria isso, eu ia falar pra ela não mudar nada, pra ela ser do jeitinho que ela é, porque eu acho que isso também fez a diferença”, avisou.

“[…] Eu sou uma pessoa que eu tenho muita paciência. E procuro ser cordial com todo mundo, eu levo muito a sério, sou muito determinada. Então, eu ia falar só pra ela não perder o foco. […] Gosto de sonhar, mas sou pé no chão. Acho que é por isso que eu passei numa faculdade”, disse, lembrando do ingresso na UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) e a formatura em Marketing no ano passado.

A canção de abertura do documentário, “Prazer, Eu Sou a Lexa”, vai ser lançada no próximo dia 25.

Veja +: Lexa, uma mulher poderosa!