Notícias às 13:46

Ludmilla rebate seguidor: ‘Não sou patroa, sou rainha’

Reprodução/Youtube

Ludmilla foi uma das participantes do projeto musical, Poesia Acústica #10, conhecido por reunir várias figuras do rap. Depois de anunciar a sua participação e ter sido duramente criticada, a cantora mandou ver na faixa Recomeçar, que lançou na última sexta-feira (27), e arrancou elogios até dos haters. 

“Primeiramente peço mil desculpas pelas vezes que eu fiquei triste porque a Ludmilla ia participar da Poesia #10. Essa mulher deitou demais, meu deus, a patroa”, escreveu um internauta, usando o apelido de Anitta que vazou após a exposição da troca de mensagens entre as cantoras. 

Ludmilla posa de biquíni e mostra corpão: 'Foca no bumbum'

Dia da Consciência Negra: Famosos que sempre discutem o tema

Ludmilla abriu o coração sobre as dificuldades que enfrenta ao subestimarem o seu trabalho e reforçou a importância de dar mais oportunidades para, principalmente, as mulheres.

“Vocês não sabem o quanto é ruim ter tanta gente te subestimando o tempo inteiro. Deem mais oportunidade para as pessoas para depois opinarem. Principalmente para as mulheres, que são sempre subestimadas. Eu aceito as suas desculpas, mas, por favor, repense as suas atitudes”, respondeu a cantora.

Lud ainda completou com estilo: “Ah, e eu não sou patroa não, sou rainha”.

Além da cantora, a edição contou com a participação de MC Cabelinho, Orochi, JayA Luuck, PK, Black, BK' e Delacruz para cantar uma parte da faixa. A presença de Ludmilla no projeto virou alvo de ataques sob acusações de ela ser "conhecida demais" e tirar a chance de uma figura feminina mais nova.

Confira Recomeçar!

 

Acabou a mordomia! 

Ludmilla mandou um recado para os seus seguidores e já avisou que não vai perdoar os amigos que não ajudaram a divulgar seu novo single, "Rainha da Favela". Ao comemorar o sucesso da música nas paradas do Spotify, subindo da 12ª para a 9ª posição na lista das 50 mais populares no Brasil, a cantora aproveitou para deixar um recado aos conhecidos que pedem entradas VIP para os shows mas que somem na hora de promover seu trabalho.

"Agora, eu tô aqui lembrando com a Brunna, a música tá no top 10, né? Ok. Aí eu não tô fazendo show, não vi vários amiguinhos meus que ficam me pedindo entrada, pedindo camarote, pulseirinha, postarem p* nenhuma da música. Aí quando voltar a ter show, voltar a ter as coisas: 'Lud, me bota pra dentro. Lud, faz isso pra mim. Lud, faz aquilo. Lud, faz videozinho pra minha filha'. Aqui, ó. Tô anotando tudo, tá bom?", avisou a funkeira em seus stories no Instagram.

Enquanto era produzida por seu cabeleireiro, a artista carioca reforçou que não vai oferecer nada eles, defendendo que a amizade é uma "via de mão dupla" e que não nasceu rica, e por isso dá ainda mais valor ao seu dinheiro.

Ludmilla sobre protesto em premiação: ‘Pontinha do iceberg’

"Vocês acham que só vocês precisam de ajuda? Meu amor, é uma via de mão dupla, todo mundo precisa de ajuda, entendeu? Aí na hora de ficar pedindo, adora pedir", desabafou ela.

"Vocês acham o quê? Que eu sou filha do Silvio Santos? Que eu nasci já com dinheiro na minha conta? Tenho que trabalhar muito pra ter dinheiro na minha conta, amor. E vocês vão ter que trabalhar muito pra pagar a entrada de vocês, que eu não boto mais ninguém na lista. Quem não divulgou minha música, não divulga meus clipes, ó, beijo", concluiu.

Confira!