Notícias às 16:10

Luisa Mell recebe ameaças de morte após resgate de animais

Divulgação

Após ter conseguido realizar o resgate de mais de 1700 animais, na cidade de Piedade, em São Paulo, Luisa Mell revelou, por meio de suas redes sociais, que está sendo ameaçada de morte e chegou a ter que ser escoltada, pela polícia, após um de seus abrigos ter sofrido uma tentativa de invasão.

“Olha que absurdo! Tive que chamar um monte de polícia porque os criadores queriam me matar, invadir o local e retirar os animais. Vocês não sabem o que estou passando. Vocês não sabem as ameaças que estão rolando em grupos de WhatsApp. A gente está monitorando tudo. Viu, seus bandidos, a gente tá sabendo de tudo. Tentaram invadir nosso centro de triagem. Estão querendo me matar”, chegou a afirmar a própria Luisa, por meio de seu Instagram Stories oficial.

“Já está tudo resolvido por hora. É uma guerra, eles perderam o negócio deles, estão todos os criadores do Brasil juntos querendo me destruir, mas não vão conseguir e a gente vai acabar com essa baixaria de exploração de animais. Eu não vou desistir e sei que tenho um exército do bem comigo!”, também declarou ela, por meio da internet.

A ativista conseguiu libertar os animais, após denúncias de maus-tratos, por parte dos criadores deles.

Luisa Mell faz resgate histórico de cães de raça: 1.500 animais em péssimas condições
Luisa Mell reata casamento na festa de aniversário do filho
Luísa Mell: ‘As pessoas medem as outras com suas réguas’
Luisa Mell sensibiliza Anitta com história de cãozinho para a adoção

Luisa Mell recebe ameaças de morte após resgate de animais