Notícias às 15:00

Mãe de Jada Pinkett Smith celebra 31 anos de sobriedade: “Livre”

Gammy Norris, mãe de Jada Pinkett Smith, em selfie

Reprodução/Instagram/@gammynorris

Adrienne Banfield-Norris, mãe da atriz Jada Pinkett Smith e sogra de Will Smith, comemorou, recentemente, seus mais de 30 anos de sobriedade após uma longa batalha contra o vício em heroína.

Hoje com 68 anos de idade, a norte-americana apresenta o programa “Red Table Talk” com a filha (disponível apenas no Facebook Watch) e compartilhou essa conquista/celebração pessoal nas redes sociais.

“Estou ao ar livre e só queria tirar alguns minutos para ficar em paz e tranquilidade. Hoje é meu aniversário, minha data de limpeza. São 31 anos”, ela iniciou o vídeo, relembrando, em seguida, o mantra que a ajudou em sua jornada: “Um dia de cada vez.”

Veja+: Will Smith revela casamento aberto com Jada, mas alerta: ‘Não sugiro a ninguém’

Quando, no final do caminho, descobrimos que não podemos mais funcionar como seres humanos, seja com ou sem drogas, todos enfrentamos o mesmo dilema. É prosseguir da melhor forma que pudermos até o fim – prisões, instituições ou morte – ou encontrar uma nova maneira de viver. Essa passagem não poderia ser mais apropriada em um dia como hoje porque, para mim, essa passagem é sobre rendição.

Conhecida como Gammy, a famosa ainda apontou que teve um processo de várias recaídas com a dependência química ao longo dos anos, o que ela comparou com passar por uma “porta giratória”. 

“Estava tentando recompor minha vida. Essa rendição foi uma luta. Mas a rendição foi o início da mudança em minha vida”, refletiu.

Gammy se abriu sobre seu vício em drogas justamente em um episódio do programa, em 2018, segundo a revista People. A apresentadora contou que usou substâncias ilícitas ao longo de 20 anos.

“Acho que só descobri que minha mãe era viciada em heroína na minha adolescência”, relembrou Jada, na época. A atriz, inclusive, lembrou que sua mãe deixava de buscá-la na escola na hora certa ou “adormecia no meio das coisas” quando estava sob o efeito da substância. 

Veja+: Sogra de Will Smith dá lição em filha de Lori Loughlin

“Você apenas percebe. ‘Isso não é estar cansada, isso é um problema com drogas'”, afirmou.

Eventualmente, Adrienne percebeu que precisava vencer o vício por si mesma e se apoiou na espiritualidade em sua jornada pela sobriedade. 

“Eu tive que chegar à compreensão de que havia um poder”, disse. “Que Deus estava cuidando de nós, você [Jada] e eu, durante tudo isso. E tive que me entregar e me render para que pudesse receber o que ele estava tentando me dar por meio de outras pessoas.”

PRINCIPAIS NOTÍCIAS
Juliette Freire: Atual campeã do ‘BBB’ é a dona de 2021
Relembre mortes de famosos que abalaram o ano de 2021
Verdades Secretas 2: Transa quente de Angel e Giovanna abala estruturas

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!