Notícias às 10:07

Mansão onde Michael Jackson morreu é vendida por R$ 40 milhões

Getty Images

Depois de meses no mercado imobiliário, finalmente foi vendida a casa onde Michael Jackson morreu. A mansão, localizada no elegante bairro de Homby Hills, em Los Angeles, foi comprada pelo milionário californiano Steven Mayer.

Segundo o site TMZ, Mayer se mudou para a propriedade, de sete quartos com suíte, mesmo antes de fechar negócio, e comprou o imóvel por US$ 20 milhões (R$ 40 milhões), US$ 9 milhões à menos do que estavam pedindo inicialmente pela residência.
 
Embora Jackson nunca tenha sido dono da mansão, a casa sempre terá a história de ter sido a última residência do Rei do Pop, que a alugou por uma alta quantia antes de sua volta aos palcos de Londres, em 2009.
 


Veracidade do testamento de Michael Jackson é questionada
Paris Jackson está apaixonada por medalhista olímpico
Joe Jackson mostra arma para plateia em evento de Las Vegas