Notícias às 16:16

Marcius Melhem quer provar amizade com Dani Calabresa, diz jornal

Divulgação/TV Globo/Estevam Avellar e Paulo Belote/Montagem

Recentemente, Marcius Melhem foi acusado por Dani Calabresa e cinco mulheres de assédio sexual e moral, ocasionando o afastamento dele de suas funções da TV Globo.

Desde então, o humorista vem tentando se provar inocente perante o processo da atriz, e de acordo com o jornal Folha de S. Paulo, ele reuniu diversas trocas de mensagens para provar que havia uma amizade entre eles.

A publicação revelou que as mensagens integram uma notificação extrajudicial encaminhada nesta semana pela defesa de Marcius Melhem ao email de Dani Calabresa para que a atriz confirme ou negue o teor da reportagem segundo a qual ela teria ficado traumatizada pelo assédio do humoristaem um prazo de cinco dias.

Entre muitas as conversas, uma delas seria de uma mensagem de voz enviada por Calabresa em 12 novembro de 2017, dia de seu aniversário, agradecendo a uma postagem no grupo de Whatsapp do Zorra. A data seria oito dias após a confraternização na qual Dani contou ter sofrido assédio de Marcius.

No áudio privado, ela teria dito “eu te amo” e propõe uma viagem à Disney com as filhas de Melhem, na época redator final do núcleo de humor da TV Globo.

“Chefe, estou mandando este áudio para agradecer a mensagem linda que você mandou no grupo. Todas as mensagens que você manda sempre de apoio e de carinho. Nossa, você não tem ideia como fico feliz de saber que você me acha talentosa. Eu sou sua fã para caralho”, foi a mensagem da artista segundo a Folha.

“Estou muito feliz de verdade. Te amo muito. Um beijo para as suas filhinhas lindas. Vamos para a Disney juntos”, completou Dani Calabresa no áudio.

Procurada pela revista Quem, a atriz se manifestou por meio da advogada Mayra Cotta, afirmando que “interpelação repete estratégia comum a casos similares”.

Assédio moral e sexual nas empresas: precisamos falar disso!
Dani Calabresa posta poema sobre sororidade: 'Pedaços de mim'

Entenda o caso

Dani Calabresa usou o Instagram no último dia 04, para se pronunciar sobre as acusações de assédio sexual e moral feitas a Marcius Melhem. Esta foi a primeira vez que a humorista fala abortamento sobre o caso, que, desde dezembro de 2019, vem sendo comentado.

“Nunca quis ser vista como uma mulher assediada…, mas para recuperar minha saúde precisei me defender. Nunca procurei a Imprensa. Tomei as medidas cabíveis para conseguir ajuda. Tudo é muito difícil, DA MEDO, vergonha, mas temos que lutar por respeito e justiça. Não passarão. Assédio é crime!

Obrigada pelas mensagens de apoio, agradeço demais a Manô Miklos e a dra Mayra Cotta pelo apoio. E preciso declarar aqui todo meu amor e gratidão a Maria Clara Gueiros minha amiga do meio artístico que me apoiou desde o início! Que mulher maravilhosa! Amorosa! Justa! (E hilaria!) 

Toda minha solidariedade às mulheres que passam por isso e têm medo de denunciar É impressionante a luta que uma mulher precisa travar pra provar que é vítima. DENUNCIEM!!!”

Dani Calabresa se pronunciou pela primeira vez sobre o caso

No mesmo dia, a revista Piauí publicou novos detalhes sobre o caso, após ter colhido depoimentos de 43 pessoas, entre vítimas e testemunhas, muitas das quais na condição de anonimato.

Entre os relatos, há detalhes dos supostos assédios que teriam sido praticados por Melhem e relatados ao compliance da emissora, incluindo os feitos a Dani Calabresa.

Também há relatos de medidas que teriam sido tomadas por funcionários da Globo em relação à situação, como uma sugestão de que Marcius Melhem fizesse terapia após uma acusação.

O ator e diretor Marcius Melhem anunciou que entrou com uma ação na Justiça contra a advogada Mayra Cotta, que representa seis mulheres que o acusam de assédio sexual, para que ela prove as denúncias.

Vale lembrar que, Melhem tirou licença da TV Globo em abril, para acompanhar o tratamento médico de uma filha, e deixou a emissora em agosto, após 17 anos do canal.