Notícias às 06:00

Mariah Carey se defende de acusações de assédio sexual

Reprodução Instagram

Mariah Carey negou a acusação de assédio sexual de sua ex-agente, Stella Stolper, que também a está processando, alegando quebra de contrato. A acusação apresentada por Stolper detaca que a intérprete de Fantasy ficava 'frequentemente nua na frente dela' e que costumava fazer 'coisas sexuais' em sua presença.

Porém, Carey recusa ter feito algo indevido diante de sua ex-agente e advertiu em entrevista ao programa Entertainment Tonight Canadá que se defenderá da acusação, as quais chamou de 'frívolas e sem base'.

O processo foi apresentado formalmente na segunda-feira (16).

Quanto ao processo por demissão sem justa causa, onde Stolper exige uma indenização (cujo valor não foi revelado), a intérprete de Hero defendeu sua postura através de um comunicado, onde dizia:

"Stella Stolper foi despedida como agente de Mariah Carey por não exercer de maneira eficiente seu trabalho e por prestar maus serviços", destaca o documento.

Stolper trabalhou por três anos com Carey. Sua relação profissional acabou em novembro passado.