Morte às 11:00

Morre a atriz Olympia Dukakis, vencedora do Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante por ‘Feitiço da Lua’

Reprodução/Facebook

A atriz Olympia Dukakis morreu no sábado (1º), em Nova York, nos Estados Unidos. A causa da morte da artista de 89 anos não foi revelada. A triste notícia foi dada pelo irmão da atriz, Apollo Dukakis, em postagem no Facebook.

“Minha amada irmã, Olympia Dukakis, faleceu esta manhã na cidade de Nova York. Depois de muitos meses de saúde debilitada, ela finalmente está em paz e com seu Louis”, escreveu.

Em 1988, Olympia ganhou o Oscar de melhor atriz coadjuvante pelo filme “Feitiço da Lua”. A veterana atriz era também conhecida por sua interpretação no filme “Flores de Aço” (1989). Além do Oscar de melhor atriz coadjuvante no ano de 1988, ela recebeu outras três indicações ao Emmy.

Um dos trabalhos mais recentes de Olympia foi a série Crônicas de São Francisco, exibida pela Netflix.

Drama na meia-idade

Na série “Crônicas de São Francisco”, Mary Ann (Laura Linney) é uma mulher com a famosa crise de meia-idade que, depois de muito tempo longe, decide retornar à cidade onde viveu por muito tempo, São Francisco. Lá, ela se reúne novamente com sua filha e seu ex-marido, vinte anos depois de ter deixado tudo para trás para correr atrás de sua carreira.

Ela precisar se acostumar com a nova vida que levam os alternativos moradores daquela cidade, entre eles Anna Madrigal (Oympia Dukakis), uma mulher transgênero de 90 anos e proprietária do número 28 da Barbary Lane

A produção é baseada na aclamada série de livros “Tales of the City”, do americano Armistead Maupin. A princípio, a história era publicada em formato de folhetim no jornal “San Francisco Chronicle”, mas fez tanto sucesso que, a partir do sexto volume, foi publicada direto em formato de livro. Ao todo, a coleção totaliza nove volumes, publicados entre 1978 e 2014.

A série tem dez episódios, de uma hora cada.