Notícias às 16:35

Morre chef francês Pierre Troisgros, pai de Claude Troisgros

Reprodução/Instagram

Hoje aconteceu uma grande perda para a gastronomia mundial, pois o lendário Pierre Troisgros, chef da gastronomia francesa que é pai de Claude Troisgros, morreu nesta quarta-feira (23), na França, aos 92 anos.

Pierre, que ficou conhecido por ter revolucionado a culinária francesa ao lado de seu irmão Jean, morreu em casa, em Coteau, próximo a Roanne.

“Pierre Troisgros faleceu em sua casa em Coteau (perto de Roanne) no início da tarde. Seu filho Michel e sua esposa foram para lá e estão em choque”, anunciou Patrice Laurent, diretor da Maison Troisgros, à AFP.

“A equipe está com o coração pesado esta noite. Soubemos da morte do chef Pierre Troisgros, que foi companheiro de viagem do sr. Paul por 70 anos de uma amizade extraordinária”, declarou a equipe do restaurante Paul Bocuse no Twitter após saberem da triste notícia.

“Um dos últimos grandes chefs a quem devemos muito. Uma época que se vai”, declarou o chef francês Laurent Suaudeau.

“Papai nos educou com amor, sabedoria e generosidade. Como chef, marcou gerações de cozinheiros com sua mente livre, alegre e criativa. Ele foi um homem do bem, que viveu a vida plenamente. Orgulho de ser seu filho”, declarou Claude.

Claude Troisgros homenageou o pai Pierre Troisgros, que morreu aos 92 anos

‘Chefs da TV’ marcam presença no Gastronomix RJ. Confira!
Arraiá Em Casa atinge mais de 32 milhões de pessoas

Saiba mais sobre Pierre Troisgros

 

Pierre Troisgros é mais um ícone da alta gastronomia francesa, tendo feito fama ao lado de seu irmão Jean na cozinha do restaurante familiar em Roanne. Ele e o irmão fizeram do hotel-restaurante da família, em Roanne, um "monumento da gastronomia".

Os dois irmãos foram formados nos melhores restaurantes e trabalharam para obter a primeira estrela em 1955 com o restaurante se tornou Les Frères Troisgros, com Pierre liderando a cozinha, Jean responsável pelos molhos e o pai Jean-Baptiste no salão e na adega.

A segunda estrela foi atribuída à casa Roanne em 1965, e a terceira, em 1968.

Por meio de uma cozinha inovadora, criativa e leve, Pierre se entregou a associações originais de sabores que prenunciaram a Nouvelle Cuisine, movimento do qual os irmãos Troisgros foram, com Michel Guérard, os precursores.