Notícias às 13:49

Morre Claudia Telles, aos 62 anos

Divulgação

Morreu na noite de sexta-feira (21), a cantora Claudia Telles. Aos 62 anos ela estava internada no Hospital Municipal Ronaldo Gazolla, no Rio de Janeiro, por conta de uma parada cardíaca.

O estado de saúde era grave e Claudia teve falência múltipla de órgãos, que provocou sua morte.

O filho da artista, Bruno Telles, confirmou a morte e agradeceu aos fãs pelo carinho, orações e torcida durante a internação e morte de sua mãe.

"Então, infelizmente tenho que vir dar essa notícia péssima a todos vocês, nossa artista, minha mãe descansou hoje, depois de muita luta e muita garra. Gostaria de agradecer cada um de vocês que acompanhou, torceu, orou, rezou, pela melhora dela. Cada um dos fãs que fizeram a carreira dela, a vida dela ser do jeito que foi. Ela tinha um carinho imenso por cada um de vocês. Com certeza foram vocês que fizeram a vida dela ser feliz do jeito que foi", escreveu ele.

 

Internação

 

Claudia Telles sofreu um infarto no último dia 16 de janeiro e permaneceu no CTI. Segundo o jornalista Alessandro Lo Bianco, do programa A tarde é Sua, da Rede TV!, os filhos disseram que uma hora os problemas apareceriam. O primeiro era uma insuficiência cardíaca por conta do cigarro, pois ela fumava muito. Já o segundo é que ela tinha um problema em uma válvula aórtica, em decorrência do cigarro, algo que gerou uma endocardite, que é uma infecção no revestimento interno do coração, envolvendo as válvulas cardíacas.

Como se não bastasse, ela ainda sofreu uma insuficiência renal durante todo esse processo. O quadro de saúde era estável, mas grave: ela estava sedada, segundo o hospital. Um dos filhos dela ainda contou: 

“O atual estado dela é estável, mas já progrediu bastante, mas não deixa de ser muito grave. Vai ter que batalhar para voltar para casa. Com certeza, este é um dos momentos de mais angústia que sofri na minha vida”.

 

Trajetória

 

Claudia Telles ficou muito famosa como intérprete de canções românticas, entre elas as mais tocadas, que são Fim de Tarde e Eu Preciso Te Esquecer. Ela iniciou sua carreira fazendo coro para artistas famosos em suas gravações, entre eles The Fevers, Roberto Carlos, José Augusto, Gilberto Gil, Jerry Adriani, Jorge Ben, Belchior, Simone, Rita Lee e Fafá de Belém. Um dos seus maiores e inesquecíveis sucessos foi Fim de Tarde, lançada em 1976.