Notícias às 15:33

Morre ex-jogador brasileiro no México, por Covid-19

Zizinho com os filhos mexicanos

Reprodução/Instagram

O ex-jogador de futebol brasileiro Geraldo Francisco dos Santos, conhecido como ‘Zizinho’, pai dos jogadores mexicanos Giovani e Jonathan dos Santos, morreu aos 59 anos como vítima da Covid-19. O meio-campista, natural de Recife, estreou-se no futebol aos 15 anos no São Paulo e em 1980 foi contratado pelo América do México, com quem disputou duas temporadas em sua primeira fase.

Zizinho também atuou em outros times mexicanos como León e Necaxa, além da FAS salvadorenha. Ele encerrou sua carreira em 1991 no América.

Zizinho nunca se aposentou do futebol, pois nos últimos anos ele se dedicou a promover a carreira de seus filhos, que jogaram na Europa, na Seleção Mexicana e em clubes da liga dos Estados Unidos.

Os filhos anunciaram com tristeza a morte do pai no dia 29 de julho, por complicações do coronavírus.

OUTRA VÍTIMA DA COVID

A pandemia do coronavírus atingiu mais uma vítima de complicações da covid-19: morreu na terça-feira 22 de junho o jornalista Claudiomiro Henrique Vieira, conhecido como Chico Tello.

O profissional era responsável por apresentar o programa “Balanço Geral” da TV Cidade, e possuía apenas 43 anos, além de estar internado desde o último dia 31 de maio por conta da doença.

“É com profundo pesar que comunicamos o falecimento de Claudiomiro Henrique Vieira (Chico Tello) apresentador do Balanço Geral NM, 43 anos, vítima da Covid-19”, comunicou o perfil da emissora no Instagram.

“A vida como comunicador iniciou em Guarantã do Norte – MT em 1983, desde então, Chico Tello sempre se dedicou a profissão. Chico Tello deixa um legado de serviços prestados: Radialista, Assessor de Comunicação, Repórter e Apresentador”, continuou o texto.

“Nos solidarizamos com os demais amigos e familiares, ao tempo em que confiamos no conforto divino necessário a todos neste momento de dor”, concluiu o comunicado.