Notícias às 08:00

Muito além do R$ 1,5 milhão! Famosos que não venceram o ‘BBB’ mas ficaram ricos

Reprodução/Instagram

A vitória de Juliette Freire no “Big Brother Brasil 21” completa um mês na próxima semana e antes mesmo do final do reality, já era sabido que a paraibana conseguiria faturar muito mais do que o prêmio de R$ 1,5 milhão. Graças à força da internet, inimaginável em 2002, ano em que o formato original da holandesa Endemol chegou por aqui, o programa agora ultrapassa os limites da televisão e do pay per view do Globoplay, ganhando “vida” no Twitter, no Instagram e chegando aos poucos no YouTube. 

Do “BBB raiz” ao “BBB21”, 327 participantes tiveram a oportunidade de enriquecer. A curiosidade sobre o dia a dia das pessoas – até a edição de 2019, anônimas – só aumenta, mas de uns tempos pra cá, vencer o reality não é mais objetivo. O simples fato de estar nele já pode significar aumento significativo de zeros na conta bancária. 

Prova disso é que participantes que não ganharam a competição –muitos sequer chegaram à final – faturaram alto. Acumulam cifras muito além do prêmio de R$ 1,5 milhão do programa… 

Vamos a eles!

Fernando Fernandes – 3º eliminado no BBB2
 

Ele já era modelo internacional, com campanhas ao lado de Naomi Campbell e Claudia Schiffer no portfólio. Em 2009, sofreu um acidente automotivo e ficou paraplégico. Quando estava internado em Brasília, para se recuperar do acidente, Fernando começou a treinar paracanoagem. Ele se tornou tetracampeão mundial na modalidade, com patrocínio da Nike e da Gol. 

Fernando também é apresentador e cria conteúdo para seus quase 500 mil seguidores, além de fazer publipost para grandes marcas, mostras suas aventuras no esporte e seu lazer na casa de praia no Ceará.

Sabrina Sato – eliminada no 8º paredão do BBB3

O carisma da japa no reality fez com que ela fosse contratada pelo “Pânico”, logo que deixou a casa mais vigiada do Brasil. Sabrina ficou no programa de rádio e TV por dez anos e saiu para apresentar seu programa solo na Record. A atração saiu da grade de programação, mas comenta-se que ela embolsa R$ 900 mil pelos projetos que comanda na emissora, como o “Game dos Clones”, que também faz parte do catálogo do Amazon Prime Video, e “A Ilha”, prestes a estrear. 

Há 18 anos ela mantém um escritório de agenciamento artístico, a Sato Rahal, em sociedade com os irmãos, Karina e Karin. Sabrina ainda é sócia de um restaurante e tem uma rede de franquias odontológicas.

Totalmente afastada da imagem de ex-BBB e com publicidade a perder de vista, ela acumula 29,7 milhões de seguidores no Instagram e 1,2 milhão no YouTube.

Apê de Sabrina Sato é um luxo só

 Grazi Massafera – 2º lugar no BBB5

Ex-modelo e participante do Miss Brasil, representando o Paraná, Grazi saiu do reality com o prêmio de R$ 150 mil. E uma carreira pra chamar de sua. Após participar da Oficina de Atores da Globo, a loura estreou na novela “Páginas da Vida”, a convite do autor Manoel Carlos. E não parou mais. Com a personagem viciada em drogas que interpretou em “Verdades Secretas”, arrebatou o público e a crítica e passou a ser respeitada como atriz. Ela chegou até a ser indicada ao Emmy Internacional, na categoria “Melhor Atriz”. Em seu mais recente trabalho na TV, protagonizou a novela “Bom Sucesso”. 

Grazi lucra muito com campanhas publicitárias e reúne 23,5 milhões de seguidores no Instagram. A artista também é dona de uma grife de óculos de grau e de sol, a Grazi Eyewear. 

Ao lado de Sabrina Sato, ela é considerada a participante que mais deu certo após o programa, transformando totalmente a sua imagem. 

Íris Stefanelli – 8ª eliminada no BBB7

Ao sair do reality ela posou para a extinta revista “Playboy” e faturou uma bolada. Na ocasião, disse que ali já estava sua independência financeira. Com o dinheiro da publicação, comprou a casa dos pais. 

Ainda no rastro do sucesso do “BBB7”, ela trabalhou na rádio Transamérica Pop. Em 2011, graduada em Artes Cênicas, a loura também se aventurou como atriz de teatro. No ano seguinte passou a ser repórter especial da Rede TV!, na cobertura de carnaval, e logo se tornou apresentadora do“TV Fama”. Em uma breve passagem pelo SBT, ela apresentou comerciais da Tele Sena e voltou para a Rede TV!. 

Participante do “No Limite”, Íris Stefanelli tem um patrimônio hoje que inclui um suntuoso apartamento nos Jardins, em São Paulo, carros na garagem e um promissor negócio no ramo do vestuário, a Íris Stefanelli Store.

Mayra Cardi – 9ª eliminada no BBB9

A cuiabana ficou milionária com seu programa de emagrecimento, já adquirido por famosos como Anitta, Maraísa, Larissa Manoela e Lexa. Ela se tornou empresária, especialista em PNL (método que auxilia uma pessoa a atingir os resultados que deseja em sua vida, criando modelos a partir de atitudes de sucesso) e life coach. Expert em mudanças comportamentais e em vegetarianismo e propõe um programa interdisciplinar para ajudar os pacientes a perderem peso com saúde através do “Seca Você Renove” e “O Comando”, ambos com o lema de estimular uma alimentação saudável sem deixar de ser prazerosa. 

Ano passado ela fez um tour por sua mansão e postou na web. Mayra deu ênfase aos lustres de 1,80m que, segundo o site da marca, custam R$ 14.465 (por unidade). Gigante, o imóvel tem 10 mil metros quadrados com jardim vertical, piscina, balanço na sala e muito, mas muito espaço para brincar de esconde-esconde e demorar para ser achado. O banheiro principal tem um espaço tipo camarim para ela e para a filha caçula, Sophia, fruto do relacionamento com Arthur Aguiar.

Rodrigão – 15º eliminado e Adriana Sant’Anna – 8ª eliminada no BBB11

Eles se apaixonaram no game e estão casados, felizes, com um casal de filhos. Ah, e ricos! Eles trabalharam como modelos ao deixarem o reality. Rede social não tinha a menor importância na época. Adriana se especializou na área de marketing digital e criou o Método de Influência Digital Adriana Sant’Anna (Midas), vencendo cursos online sobre o tema. Há sempre lista de espera para novas turmas. Rodrigão também faz parte da equipe do método Midas, além de dar dicas sobre finanças e relacionamento em seu Instagram para 2,4 milhões de seguidores. Adriana reúne 4,9 milhões de seguidores na rede. 

Eles moram em uma mansão comprada em Orlando, Flórida. O imóvel tem piscina com cascata, jardim, escritório, academia, minicampo de golfe, brinquedoteca para os filhos Rodrigo, de 04 anos, e Linda, de 02, entre muitas outras coisas. Na garagem, o casal mantém um Porshe.

Jonas Sulzbach – 3º lugar no BBB12

Ex-Mister Brasil 2010, Jonas saiu do reality com R$ 50 mil e um carro. Ele continuou trabalhando como modelo e, com o advento das redes sociais, como influenciador digital. Atualmente ele tem 3,4 milhões de seguidores e fatura com publiposts. 

Em sociedade com amigos, Jonas comanda há oito anos o projeto fitness Mahamudra, seguindo o método criado por Cesar Curti, também modelo.

Marcela McGowan – 12ª eliminada no BBB20

A médica fazia parte dos anônimos e se destacou no game pelos posicionamentos progressistas. Ela ainda estava confinada quando o curso on-line ministrado por ela sobre autoconhecimento e sexualidade feminina vendeu cerca de R$ 1,1 milhão. 

Depois que deixou o programa, Marcela continuou a falar sobre sexualidade feminina no seu Instagram, para seus 6,1 milhões de seguidores, além de fazer publicidade e ter se tornado apresentadora do canal GNT. 

Babu Santana – 4º lugar no BBB20 

 

Ele fez parte da primeira turma de famosos no reality. Era o mais humilde deles, cheio de dívidas e sem relevância na internet, apesar do indiscutível talento e de um invejável currículo que inclui protagonistas no cinema e no teatro, além de novelas e séries da Globo. 

Ao deixar o reality – há quem aponte que foi por culpa das atitudes dos administradores de suas redes sociais, que acabou tirando dele o favoritismo – Babu assinou contrato com a TV Globo e protagonizará o filme biográfico sobre Maguila. Tem emendado uma campanha publicitária atrás da outra para grandes marcas e tem enorme engajamento nas redes sociais. 

As dívidas com aluguel ficaram para trás e ele comprou uma casa de dois andares com piscina e grafite de sua mãe, que morreu em 2015, na área externa. O artista ainda abriu uma produtora, a Bubu Filmes.

Quem já era rico 

O “BBB20”, que estreou a ideia dos famosos, denominados “Camarote”, destacou participantes que já acumulavam mais do que o valor do prêmio. Pyong Lee, por exemplo, já tinha um patrimônio estimado em R$ 20 milhões. No início deste ano ele apareceu com a mulher e o filho, Jake Lee, a bordo de um jatinho particular, quando partiam para uma viagem surpresa. 

Rafa Kalimann já era milionária por seu trabalho como influenciadora digital e só engordou ainda mais o cofrinho. O publipost mais baratinho da moça, agora contratada pela Globo, custa R$ 50 mil. 

Embora seja dona de duas casas, ela paga aluguel de R$ 28 mil em uma mansão na Zona Oeste do Rio, para ficar próxima aos Estúdios Globo, onde grava o programa “Casa Kaliman”. Ela ainda paga R$ 2,8 mil de condomínio e a taxa anual de IPTU custou R$ 3 mil. 

Atriz e cantora, Manu Gavassi já era “grandona” nas redes sociais e já fazia enorme sucesso entre jovens. Após sua participação, porém, fechou contratos milionários com marcas, virou diretora criativa e garota propaganda para duas empresas e faz muito, mas muito publipost para seus 15,6 milhões de seguidores no Instagram. 

Bianca Andrade, a Boca Rosa, entrou para o programa com a carreira consolidada e milhões de seguidores em todas as redes sociais. Dona das marcas “Boca Rosa Beauty” e “Boca Rosa Hair”, Bianca aproveitou o programa para divulgar seus produtos. Mesmo tendo sido a quinta eliminada, seu objetivo foi atingido: as vendas dos produtos triplicaram e a marca teve faturamento de R$ 120 milhões, mesmo em ano de pandemia. 

Grávida de seu primeiro filho, um menino que se chamará Cris, a influenciadora digital e empresária montou um enorme escritório em sua mansão. Cor de rosa, claro!