Notícias às 04:00

‘Não sei se mamãe será chamada de rainha’, diz filho de Camila Parker

Reprodução/Instagram

Tom Parker Bowles, o filho mais velho da Duquesa da Cornualha, Camila Parker Bowles, foi questionado pelo jornal The Times sobre o título que sua mãe receberá quando o Príncipe Charles for coroado rei. 

Parker afirmou que isso ainda não está sendo discutido e portanto ele 'não sabe'. 

"Sinceramente, não sei se mamãe será chamada de rainha. Isso ainda não foi decidido", comentou o crítico gastronômico de 46 anos. 

Quando Charles e Camilla ficaram noivos em 2005, oficiais da realeza anunciaram que sua futura esposa seria conhecida como Princesa Consorte quando o príncipe eventualmente assumisse o trono, mas tem havido especulações nos últimos anos de que ela pode ser intitulada Rainha Consorte. 

Em outra parte durante a entrevista, Bowles elogiou seu padrasto real como um  homem 'doce e gentil' e 'à frente de seu tempo'. 

Mas ao ser questionado sobre os problemas de Charles com seu filho mais novo, o príncipe Harry, Tom Parker se esquivou: 

"Eu fico fora disso. Isso não tem nada a ver comigo. ", concluiu. 

 

Reunião decisiva

O príncipe Charles quer se reunir com  o Príncipe Harry quando o filho voltar ao Reino Unido para a inauguração da estátua da mãe, a falecida Princesa Diana em julho. 

Apesar de ele e o Duque de Sussex terem tido uma rápida conversa durante sua estadia na Inglaterra para o funeral do avô, o Príncipe Philip, os conselheiros reais apontaram que uma nova reunião deveria ser programada no futuro e não ser discutida naquele momento tão difícil para a família. 

Segundo a especialista sobre assuntos da realeza, Caroline Davies, Charles é um homem prático e quer colocar a esclarecer toda a situação com o filho. 

"Obviamente ele fará o que é melhor para a sua família. Harry é seu filho e por motivos sentimentais ele não vai deixá-lo na mão, mas vai querer saber de todas as intenções futuras dele", acredita Davies. 

A biógrafa também afirmou que é improvável que Príncipe William também participe dessa reunião, tampouco a Rainha Elizabeth II. 

"Será uma conversa entre pai e filho, e entre o futuro rei da Inglaterra e seu herdeiro.  As coisas podem se tornar um pouco mais sentimentais, mas com certeza Charles vai querer saber se contará com Harry na hora que ele se tornar rei", afirmou. 

Apesar dessa reunião estar programada supostamente para final de junho, quando Harry chegar ao Reino Unido outra vez. Há quem acredite que o Príncipe pode não estar presente na inauguração da estátua da mãe no Palácio de Kensington, devido aos problemas que ainda enfrenta com o irmão William.