Notícias às 18:35

Nego do Borel dispara: ‘Podem me julgar, podem me criticar’

Reprodução/Instagram

Nego do Borel é um famoso muito forte entre o público brasileiro, seja pelos seus grandes hits de funk, seja pelas polêmicas envolvendo seu nome.

Nesta terça-feira (25), o funkeiro chamou a atenção após compartilhar uma foto deitado em uma espécie de rede, cuja legenda foi uma alfinetada aos haters.

“Pode me julgar, podem criticar, pode falar mal, podem apontar nossos erros, nada disso define quem somos”.

Jesus Cristo conhece nossos corações, ele é o único que pode tudo, obrigado por tudo pai, eu te amo…”, completou o cantor.

Na seção de comentários, internautas fãs do artista teceram palavras de elogios, tentando animá-lo após o teor da publicação.

“Vocênão deve nada a ninguém irmão, curti a vida ao máximo e deixe os zé povinhos de lado”, “Tão lindo”, “Sou muito fã”, foram algumas das declarações feitas pelos seguidores de Nego do Borel.

Nego do Borel terá que depor sobre as acusações de agressão de ex-namoradas

Nego do Borel terá que prestar depoimento sobre as acusações de agressão feitas pelas ex-namoradas Duda Reis e Swellen Sauer.

De acordo com o jornal Extra, a delegada Gabriela Gomes Raymundo, do Departamento Geral de Polícia de Atendimento à Mulher, do Rio, intimou o cantor. Nego deve comparar à DEAM de Jacarepaguá nos próximos dias.

Depois do depoimento do cantor, outras testemunhas deverão ser intimadas e ouvidas.

Além das denúncias feitas pela ex-noiva Duda Reis, como estupro de vulnerável, injúria, ameaça com faca e lesão corporal, Nego do Borel terá que responder pelas acusações feitas pela ex-namorada, a analista internacional Swellen Sauer.

Swellen fez declarações nas redes sociais que teria sido agredida com soco na costela e que o cantor tentou enforcá-la com um carregador de celular, ambas situações ocorridas em 2013, quando eles namoravam.

Segundo a publicação, a DEAM de Jacarepaguá registrou uma denúncia de ameaça, com base nas acusações que Duda Reis fez contra Nego do Borel, por meio de um vídeo no Instagram.

Como a atriz já havia denunciado o ex-noivo na 1ª DDM (Delegacia de Defesa da Mulher), em São Paulo, as duas unidades, de lá e a do Rio, trabalham agora juntas no caso.