Notícias às 04:00

Netflix vai produzir duas sequências do filme erótico 365 DNI

Reprodução/Instagram

A Netflix anunciou que seu grande sucesso, o filme polonês "365 DNI" (365 Days) terá duas sequências! Segundo o site Deadline, o filme original não foi feito pela Netflix, mas virou um grande sucesso ao ser acrescentado ao catálogo do serviço de streaming em junho de 2020. 

A produção erótica foi o quarto mais procurado no Google no ano passado. 

365 DNI, estrelado por Michele Morrone e Anna-Maria Sieklucka, segue uma jovem mulher polonesa que foi presa por um gângster siciliano e ele deu a ela um ano para se apaixonar por ele. 

O primeiro filme termina com um grande suspense. 

Cuidado, Spoiler!

Segundo o site Deadline tanto Michele quanto Anna-Maria estão confirmadas para a sequência, e o modelo e ator Simone Susinna vai se juntar ao elenco com o personagem Nacho. 

A publicação revela: "Na sequência Laura e Massimo estão juntos, mas seu novo começo se complica por causa dos laços da família de Massimo e um homem misterioso que entra na vida de Laura para ganhar o coração e a confiança dela a todo custo". 

Suspense na Netflix

“A Mulher na Janela”, novo filme de suspense da Netflix, estreia nesta sexta-feira (14) e já conta com  muita gente ansiosa para assistir. Estrelado por Amy Adams, a produção é baseada no livro de A.J.Finn e traz a história de Anna Fox, uma mulher que mora sozinha em uma bela casa que um dia abrigou a sua família feliz. 

Separada do marido e da filha, Anna sofre de uma fobia que a mantém reclusa e passa os dias bebendo vinho, assistindo a filmes antigos, conversando com estranhos na internet e espionando os vizinhos. Quando a família Russell se muda para a casa do outro lado do parque, Anna fica obcecada por aquela família perfeita e se aproxima de Jane Russell, com quem constrói uma amizade e passa a curtir as tardes conversando, algo que, por causa da sua fobia, era muito difícil de acontecer. 

Tudo começa a mudar quando, certa noite, bisbilhotando a família por meio da câmera, Anna vê na casa em que a amiga mora algo que a deixa aterrorizada e faz o seu mundo, junto dos seus segredos chocantes, começarem a ruir. A grande questão que fica é: o que realmente aconteceu? 

Apesar de não ser de terror, o trailer do filme já dá alguns arrepios na espinha. Porém, mesmo que você não seja lá um super fã de longas que dão medo, “A Mulher na Janela” também tem outros pontos que fazem valer a pena assistir. 

Anna Fox, protagonista da trama, vive reclusa em casa por ter agorafobia. Se tornando parte da vida de mais de 150 mil brasileiros por ano, segundo o Hospital Albert Einstein, em São Paulo, a fobia provoca uma ansiedade incontrolável de viver situações que fogem do controle e causam constrangimento em meio a multidões, locais abertos ou muito fechados. 

Sabendo que o transtorno é enfrentado por tantas pessoas, não só no Brasil mas também em outros lugares no mundo,o fato de abordar o assunto e escancarar essa realidade é um dos principais motivos para não deixar de assistir ao filme.