Notícias às 01:00

Novo amor? Após separação, Mary-Kate Olsen é vista com estilista

Grosby Group

Mary-Kate Olsen está tentando refazer sua vida após separar-se do marido, o empresário francêrs Olivier Sarkozy. A irmã gêmea de Ashley Olsen foi vista esta semana passeando com seu suposto novo amor, por Nova York.

A estilista de 34 anos parecia bastante feliz com sua nova companhia, identificado como o estilista Brian Molloy. Os dois comeram juntos no bistrô francês Buvette, de West Village.

A ex-estrela infantil combinou seu casaco escuro com acessórios dourados, enquanto bebia com Molloy, que já trabalhou na grife The Row, de propriedade de Mary-Kate e sua irmã Ashley.

A demonstração pública de alegria de Olsen ocorre quase um ano depois que foi revelado que ela estava terminando seu casamento de cinco anos com Sarkozy – irmão do ex-presidente francês Nicolas Sarkozy.

Olsen pediu o divórcio oficialmente no final de maio de 2020, depois de pedir uma petição de divórcio de emergência no início daquele mês.

Ela alegou que Sarkozy, de 51 anos, encerrou o aluguel de sua residência no Gramercy Park de US$ 29 mil (R$ 160 mil) por mês, deixando-a sem ter onde morar, e à procura de uma nova casa durante a pandemia da Covid-19.

Em janeiro passado, os advogados de Olsen e Sarkozy confirmaram que o casal havia chegado a um acordo sobre o divórcio.

Acordo de divórcio

Segundo a revista US Weekly, o divórcio de Mary-Kate Olsen e o empresário francês Olivier Sarkozy está em vias de terminar. Eles ficaram cara a cara em uma audiência virtual na quarta-feira (13), por meio da plataforma Zoom – a vídeochamada durou cerca de 20 minutos, depois que Olsen finalmente conseguiu fazer seu vídeo funcionar.

Durante a audiência, o advogado de Sarkozy, Michael Mosberg, confirmou à juíza que o ex-casal chegou a um acordo final sobre o divórcio, oito meses após a notícia da separação.

"Chegamos a um acordo final, e apreciamos o tempo e a liberdade que nos deu (…) Só precisamos revisar esse acordo, executá-lo e entregá-lo, o que teremos até o final da próxima semana, mas… o acordo está finalizado”, garantiu Mosberg.

A advogada da atriz de Full House, Nancy Chemtob, ecoou seus pontos: “Temos trabalhado muito e apreciamos o tempo do tribunal e os adiamentos, e temos um acordo e seremos capazes de assiná-lo e executá-lo, como disse o Sr. Mosberg, na próxima semana. Todos os problemas foram resolvidos. ”, anunciou.

Olsen assinou uma petição de divórcio em 17 de abril de 2020, mas sua moção foi paralisada em meio à pandemia do coronavírus. A ex-estrela infantil posteriormente entrou com uma ordem de emergência para encerrar seu casamento de cinco anos em maio de 2020, mas o juiz rejeitou seu pedido na época.

Durante a audiência, o juiz perguntou a ambas partes se havia "quaisquer questões" que precisassem ser discutidas no tribunal. Ambos disseram não.

O juiz concluiu: “Então, todos são claros de que, se conseguirmos o acordo, vocês não precisam me ver, o que, por mais que eu goste de ver todos aqui, acho que todos preferem que acabe logo com isso. Vamos fazer isso. Arquive os papéis e vamos divorciá-los. Acho que é o mesmo objetivo para todos nós.”.