Notícias às 15:18

Oi? Geisy Arruda vai sortear calcinha usada

Reprodução/Instagram

Se faz sentido ou não, ela não quer saber. Tampouco se é politicamente correto. O fato é que Geisy Arruda é um fenômeno na web e seus posts, cada vez mais inusitados, bombam na rede social da influencer.

Geisy Arruda tem ‘inveja’ de Bruna Marquezine. Entenda!

Na segunda-feira (24), ela lançou um sorteio um tanto inusitado: uma calcinha usada! Esperta que só, ela, que está lançando um livro de contos eróticos, colocou como regra que, para participar, é preciso comprar um exemplar, disponível de forma digital.

“A calcinha do sorteio! O resultado sai dia 27 de agosto. Compre meu livro e concorra a essa belezinha”, escreveu, exibindo a peça vermelha.

Com 2,4 milhões de seguidores, a morena levou a galera à loucura. Foram muitos elogios e propostas indecorosas, algo rotineiro no perfil dela.

“Já fico imaginando você usando essa calcinha”, disse um fã.

“Meu Deus, essa mulher é perfeita demais”, escreveu outro.

Geisy Arruda lança segundo livro com histórias mais picantes

Sexo e fetiche

Depois de estrear na literatura erótica no ano passado, com O Prazer da Vingança, Geisy está lançando o segundo livro, Desejo Proibido, em versão digital.

"Meu segundo livro vem cheio de histórias picantes, tem sexo no táxi, no avião, suruba com mais de 20 pessoas, sexo fora do Brasil, perda de virgindade, podolatria e BDSM. Muitas histórias são verdadeiras, porém, o livro é meu diário secreto, é a forma de encontrei de expressar meus desejos mais proibidos sem ser cancelada, já que vivemos em uma sociedade tão conservadora e machista”, disse. 

A influencer destaca 13 histórias picantes, ilustradas com fotos dela, pra lá de ousadas, em 105 páginas. Alguns contos, ela afirma, são verídicos.

"Escrevi o livro durante a quarentena. Foi muito difícil pensar putaria enquanto o mundo está um caos por conta da luta contra o coronavírus. Sinto-me realizada só em ter conseguido o feito de escrever o livro! Espero que todos gostem e gozem muito com ele", disse.

Geisy Arruda: ‘Fico fascinada por como o ser humano é sexual’