Notícias às 12:40

Pabllo Vittar sobre música Ama Sofre Chora: ‘Clipe mais gostoso de gravar’

Ernna Cost

Após muitos mistérios e divulgações, Pabllo Vittar finalmente lançou o single Ama Sofre Chora na noite de quinta-feira (06), às 21h.

Mas como o melhor a gente sempre guarda para o final, o clipe foi divulgado nesta sexta-feira (07), mostrando a cantora em seus trajes de noiva que quebraram a web.

Em coletiva de imprensa, na qual OFuxico esteve presente, a drag queen deu mais detalhes deste lançamento, da produção da canção e do álbum e do clipe.

“Gravamos o clipe de Ama Sofre Chora em dois dias, logo depois que voltei da festa do BBB, pois na cena do casamento, estava um dia muito feio, e eu queria um de sol. Direção é conjunta minha e do Flávio Verne, e me entreguei muito na atuação, vai até vir o Globo de Ouro e eu tô muito feliz”, iniciou ela, antes de comentar sobre o uso do termo “Piranha”.

“Eu sempre chamei minhas amigas assim, minha mãe assim, em um sentindo bastante positivo. Sempre utilizei para quebrar o estigma negativo da palavra”, explicou, detalhando como surgiu a ideia de fato.

“Sonhei que estava com um vestido de noiva e que eu ia me casar, então acordei porque nunca pensei em fazer isso. Fui pesquisar o que significava, então resolvi montar um roteiro para meu próximo clipe. Quem já vestiu um vestido de noiva sabe a energia e a força que têm”.

Ela continuou: “Eu e o Flávio nos sentamos para montar a história, e eu queria uma reviravolta e um estilo similar ao de novelas mexicanas, com atuação bem dramática, igual a Ruby que estou reassistido. Eu me entreguei demais, meu vestido está até sujo”.

“Eu e minha equipe vimos a minha ida à casa do BBB como o pontapé inicial para anunciar meu noivado, e muitos fãs ficaram felizes, me mandando mensagens no direct do Instagram. Mas quem me conhece sabe que sou piranha, que não vou casar nada, sou de vocês. Porém, queria mostrar que piranha ama, sofre e chora igual a todo mundo”, afirmou ela.

“Foi o clipe mais gostoso de gravar, pois corremos literalmente contra o tempo, escrevemos o roteiro há dois meses atrás, ai tem a pré-produção, procurar um local para gravar no meio de uma pandemia tomando todos os cuidados, mas amamos o resultado final”.

Ritmos nordestinos e exaltação

Pabllo Vittar quebrou a internet ao surgir de noiva em fotos

Uma coisa bastante marcante de Ama Sofre Chora é seu ritmo de forró bem marcante, algo característico de muitas canções de Pabllo Vittar, que ela pretende popularizar ainda mais.

“Tudo que mais amei do ano passado para cá foi essa exaltação dos ritmos nordestinos, afinal, foi de onde vim, criei, amando tudo isso. Mas sim, essa música vem como uma reafirmação da nossa cultura, e para ser internacional, não precisa cantar em outra língua, mas sim levar a nossa cultura para frente”, garantiu a artista.

“Sempre busco misturar diversos ritmos, cantar diversos gêneros, então pode ser que um lançamento futuro venha algo que você goste e não lancei ainda. Mas sempre vou trazer o forró e esses ritmos nordestinos”, alertou Pabllo sobre ser uma artista versátil.

Vittar ainda garantiu que pretende trazer uma sonoridade diversificada ao álbum, e que a escolha de Ama Sofre Chora para abrir a nova Era não foi por acaso.

“A música que se alto escolheu para ser a abertura da nova era, então foi literalmente um casamento muito perfeito. Eu e o pessoal da Brabo Music sempre estamos escutando, analisando e fazendo as melhores escolhas. Os próximos singles também já estão definidos”.

Documentação e reinvenção

Pabllo Vittar se dedicou completamente ao quarto álbum de estúdio

Já caminhando para o final da coletiva, Pabllo Vittar ressaltou que o processo criativo foi bastante positivo, e que os processos de gravação foram documentados.

“A gente documentou todo o processo de criação da música no estúdio, e estará disponível para vocês. Mas foi muito gosto, e os meninos da Brabo Music sempre me dão liberdade para entregar o que eu quiser e como quiser, não é uma coisa engessada e apenas para entregar algo, eu gosto muito de trabalhar com eles”, disse a cantora,

“Gravei visualizer para os próximos álbum, fizemos um belo trabalho de audiovisual, registramos de tudo e estou louca para mostrar a vocês o resultado final. É praticamente um Mini Doc do quarto álbum”, completou ela.

Uma curiosidade sobre o lançamento de Ama Sofre Chora foi uma fanfic do público de que o noivo de Pabllo na verdade seria o cantor Jão, que interagiu nas redes na época do anúncio com ela

“Amei essa fanfic de que eu estava noiva do Jão, ele até me mandou uma mensagem falando que a mãe dele perguntou se estávamos ficando. Não temos parceria nesse álbum, mas quem sabe no futuro, cheguemos a nos beijamos em um clipe, acho ele muito gatinho”, garantiu.

Por fim, Pabllo Vittar comentou sobre ser uma artista sempre em alta e como se reinventar para acompanhar a demanda do público.

“Me reinvento sabendo que sou humana, sou falha. Sempre acham que artistas pops, está sorrindo, em alta, só que não é sempre assim. Mas para me reinventar, preciso abaixar um pouco e pensar: ‘estou preparada para lançar um novo álbum, um novo projeto?’ Então lembro que amo cantar, fazer música, então respiro, aceito eu como sou, com qualidades e defeitos e sigo em frente”.

“Às vezes o público me coloca um pedestal, e a coroa fica difícil de carregar literalmente (risos). Mas eu adoro o carinho de vocês, e saber que conquistei tudo isso me deixa bastante empolgada para continuar sendo eu mesma, mas para isso, preciso ficar eu e meus pensamento de vez em quando”.

E você, gostou de Ama Sofre Chora e a nova Era de Pabllo Vittar?