Notícias às 07:00

Para Nick Cannon, a ex-mulher Mariah Carey é incomparável

Reprodução/Instagram

Nick Cannon garante que não continua apaixonado pela ex-mulher Mariah Carey, mas não cansa de dizer que jamais conhecerá alguém como a cantora, mãe de seus filhos gêmeos Moroccan e Monroe.

Em entrevita com a revista Variety, o cantor, ator e apresentador disse que 'ninguém se compara' à Mariah.

O ex-apresentador do programa America's Got Talent – que além das crianças de nove anos, também tem outro filho Golden Cannon, de três anos, de outra relação – elogiou sua ex e confirmou mais uma vez que eles tem um relacionamento bonito e tranquilo.

"Ou seja… é Mariah Carey. O que deveria falar? Ela é uma das mulheres mais talentosas desse planeta. Não posso superar essa mulher", afirmou, dizendo que ela não tem comparação.

E Nick revelou alguns detalhes de seu relacionamento, admitindo que era sério desde o começo.

"Falávamos sobre tudo. 'E se' isso, 'e se' aquilo. Falávamos sobre como seria divertido se a gente se casasse depois de nos conhecermos por três semanas. Era mais essa ideia fantasiosa do quanto poderíamos nos divertir quando não fosse mais tão divertido, quando fosse mais uma obrigação e um trabalho, que aí iríamos seguir em frente amigavelmente. Eu sempre disse que a relação funcionava bem porque tínhamos esse equilíbrio. Eu não tinha problema em 'cair'. Nunca foi uma competição para mim. Eu era tipo, 'vou desligar o meu para ela ligar o dela'. Eu estava confortável com quem eu era", afirmou.

Nick também insiste que ele e Mariah nunca brigavam: "Eu não consigo lembrar da gente brigando e com essa energia negativa de 'isso não está funcionando', e essas coisas. Tínhamos conversas bem sensíveis", justifica.

Hoje em dia os dois concordam em férias e dias importantes para sempre passarem juntos em família com os filhos, e os gêmeos também convivem com seu irmãozinho Golden, sem qualquer interferência da cantora.

Medo da polícia

Nick Cannon, ex-marido de Mariah Carey, afirmou que seus filhos com a cantora, os gêmeos de nove anos, Roc e Roe, estão com medo da polícia. O ator, apresentador e cantor de 39 anos, que também é pai de um menino, Golden, de três anos com sua ex, Brittany Bell, revelou que devido à atual situação de racismo que se vive, os filhos 'veem os policiais como os bandidos' e acha que isso se tornou uma questão importante para a sociedade.

Ao comentar as manifestações pelo assassinato de George Floyd, Nick disse: "Meus filhos tem medo de policiais. Em sua mente, eles são os bandidos. Esse é claramente o problema", justificou.

Floyd morreu nas ruas de Minneapolis e Derek Chauvin, ex-oficial do Departamento de Polícia de Minneapolis, foi acusado de assassinato.

Nick acha que o incidente lançou uma luz sobre as coisas que vem acontecendo nos Estados Unidos há décadas.

Ele refletiu: "O que aconteceu com George Floyd vem acontecendo há anos e anos. Agora a tecnologia nos deu outra liberdade – ver em primeira mão o que está acontecendo. Agora que podemos vê-lo, precisamos responsabilizá-los. Da força excessiva ao assassinato – tudo o que vemos, temos que responsabilizá-los – incluindo os chamados bons policiais em pé, permitindo que isso aconteça. Um policial mau não está agindo sozinho. Existem vários outros policiais maus permitindo que um faça o que está fazendo.", escreveu à revista Variety, em referência aos três policiais que estavam com Chauvin e não fizeram nada para que o colega deixasse de asfixiar Floyd.

Mariah Carey faz festa virtual para os filhos gêmeos

Após Mariah Carey, Nick Cannon não quer se casar nunca mais