Notícias às 14:15

Passaporte para Liberdade: confira detalhes da nova produção da Globo

rodrigo lombardi e sophie charlotte em passaporte para liberdade

Reprodução/Globo

Aconteceu na manhã desta sexta-feira, 10 de dezembro, a coletiva de imprensa da mais nova produção da Rede Globo: “Passaporte para Liberdade”. O papo reuniu dezenas de jornalistas para conversar com parte do elenco da minissérie, como Sophie Charlotte e Rodrigo Lombardi, e também o diretor Jayme Monjardim e o autor Mario Teixeira.

HISTÓRIA REAL

A trama contará a história de Aracy Carvalho. “Pouco conhecida no Brasil, ela foi uma heroína que não se conformou com regime nazista e se arriscou contornando regras de imigração, permitindo que famílias judias fugissem das atrocidades da guerra”, diz a descrição oficial da personagem.

rodrigo lombardi e sophie charlotte em passaporte para liberdade
Reprodução/Globo

Além disso, teremos a presença de Rodrigo Lombardi interpretando o mundialmente conhecido escritor João Guimarães Rosa, que fez obras como “Grande Sertão: Veredas” e “Sagarana”.

A COLETIVA

Jayme Monjardim falou de como essa história chegou em suas mãos. “Eu sempre digo que as histórias procuram seus contadores, como procuram seus protagonistas. Durante um ano um escritório de advocacia me telefonava me dizendo que tinha uma história para me contar, seu eu podia dar um pulinho lá. Alguma coisa, acho que sempre é o destino, me fez ligar para o escritório e dizer ‘estou em São Paulo vou passar ai’. E foi neste dia que eu encontrei o filho da Aracy, o neto e a bisneta, e quando terminaram de me contar essa história eu estava profundamente emocionado. Liguei para o Silvio de Abreu e falei ‘Silvio pelo amor de deus caiu uma história na minha mão, o que você acha?’ e ele “Incrível!”, revelou.

Veja+: Verdades Secretas 2: Giovanna e Cristiano encontram corpo de Alex

“O Mário estava começando a desenvolver uma novela e lembro que o Silvio ligou para ele e perguntou ‘Mario você poderia escrever?’ e Lá fomos nós para São Paulo e o Mário começou a fazer todas as perguntas e marcou as visitas. A Sophie me entregou mais de 5 mil documentos da Aracy e a gente foi se apaixonando”

“Eu acho assim a gente é escolhido, tem algo além lá em cima que nos escolhe, acho que fui escolhido para essa história. Acredito isso, acredito muito no empenho, fiquei muito preparado para receber essa história, é o dom da sorte. Fico feliz por ser escolhido pelo mundo feminino por contar essas histórias tão importantes. É um momento muito importante na minha carreira”, relatou.

SOPHIE CHARLOTTE SOBRE A MINISSÉRIE

Sophie se mostrou completamente apaixonada e entregue à história de Aracy, contando como foi mergulhar nessa personalidade. “A minha personagem olha para o outro com essa humanidade de passar por cima do que é dito, tanto no trabalho dela quanto do governo vigente na Alemanha naquele momento. Ela arrisca tudo isso que se espera quando se sente medo, então passa por cima do medo e do risco para ajudar o outro. Foi muito marcante isso para mim, ver o quanto você se arrisca para ajudar outra pessoa, né”, disse Sophie.

sophie charlotte em passaporte para liberdade
Reprodução/Globo

“Essa mistura de biografia e ficção me interessou muito, o limite de um e do outro eu aprendi no processo. Acho importante ressaltar também como é essa contação de história, como é que é fazer uma série em inglês, mirando outros espectadores também, mas não deixar de contar do nosso ponto de vista, não deixar de emocionar e fazer o que a gente acredito, isso tudo foi um grande aprendizado. Foi um processo muito duro e muito difícil pois tínhamos muita responsabilidade nas nossas mãos”, continuou.

RODRIGO LOMBARDI SE EMOCIONA AO FALAR DO ELENCO

Quando questionado sobre como foi o estudo de personagem, Rodrigo exaltou o escritor que fez história no mundo todo. “Esse João Guimarães Rosa, que conheceu essa guerreira, essa Avenger”, brinca. “Ele era só um cara, que chegou e é apaixonado por tudo que ele era apaixonado, pela palavra, pelo idioma e a cultura alemã. Ele chega lá e depois de tudo isso ele se torna um dos maiores autores brasileiros de todos os tempos, só não é melhor que o Mário Teixeira. É impossível não acreditar, que ele tenha escrito tudo que ele escreveu depois, e se isentar do que ele viveu na Segunda Guerra”, disse.

“É de uma riqueza tamanha, essa história é uma série consular, é uma série de ideias, é uma ´serie que você senta e você ouve as pessoas. As coisa vão acontecendo e você vai ficando angustiado e fica ‘meu deus como isso pode acontecer, como essa mulher vai fazer isso??””, continuou

Se dirigindo para Mário e Jayme, o ator ficou muito emocionado ao falar dos parceiros de trabalho. “Eu tenho muito orgulho por ter passado por vocês na minha vida, eu espero passar outras vezes e que a gente possa contar outras histórias juntos. A gente fechou um time muito incrível, o elenco inteiro. Queira deixar aqui meu amor incondicional por todos vocês”, disse com lagrimas nos olhos. “Esse é um trabalho que eu coloco numa caixinha muito especial, numa prateleira dos meus trabalhos. E quero agradecer mesmo, obrigado, porque, como 90% dos meus trabalhos, não era eu o João, eu não era a primeira opção, mas como Jayme disse, as histórias escolhem seus contadores, obrigado!”, finaliza.

A história de “Passaporte para Liberdade” vai ser dividida em 8 partes, com um capítulo saindo por dia, de segunda-feira a quinta-feira, a partir do dia 20 de dezembro!

PRINCIPAIS NOTÍCIAS
Fortuna de Dua Lipa dobra em um ano, saiba quanto ela ganhou!
Anitta e Pedro Sampaio agitam as ruas com divulgação de single
‘Sex and the City’ vota à TV com episódios polêmicos

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!