Notícias às 05:00

Pedro Almodóvar detona Will Smith: ‘Sensação de rejeição absoluta’

Pedro Almodóvar com as mãos na cabeça
Foto: Reprodução/Instagram

Pedro Almodóvar demorou, mas não resistiu e deu sua opinião sobre Will Smith e sua agressão ao comediante Chris Rock, nos prêmios Oscar 2022, onde ele também esteve em representação de seu filme “Mães Paralelas”, nominado nas categorias de melhor banda sonora, Alberto Iglesias, e melhor atriz, Penélope Cruz. E para o cineasta espanhol, o episódio foi um dos momentos mais infames da história dos prêmios.

Leia+: Will Smith vai para reabilitação após deixar de ser membro da Academia

Almodóvar criticou o ator não só pelo ato de agressão, mas também por seu discurso no palco, ao falar do ‘diabo’, quando ganhou o prêmio de Melhor Ator por sua atuação em “King Richard: Criando Campeãs”.

“O que vi e o que ouvi me dá uma sensação de rejeição absoluta”, disse o diretor ao jornal El Diario. “O discurso mais parecia o de um predicante… Você não defende ou protege a família à base de hóstias, e não, o diabo não aproveita os momentos culminantes para atacar”, reclama.

Ele se referiu às palavras de Denzel Washington à Smith após o ataque: “No seu momento mais alto, tenha cuidado. É aí que o diabo vem atrás de você”.

O cineasta acrescentou: “O diabo, na verdade, não existe. Foi um discurso fundamentalista que não deveríamos ter ouvido ou visto”, afirma.

E finalizou dizendo: “Me recuso a deixar esse episódio marcar a gala e ser o protagonista de uma cerimónia onde muitas outras coisas aconteceram e de muito maior interesse. Drive My Car ganhou, para mim, sem discussão o melhor filme do ano. E também o documentário Summer of Soul, meu favorito”.

Leia+: Will Smith renuncia como membro da Academia

SEM CONTATO

Novas revelações sobre o caso da agressão de Will Smith a Chris Rock continuam aparecendo, e segundo o site TMZ, o comediante negou que tenha conversado com Smith. Rock deu início à sua turnê “Ego Death World Tour“, e durante o show ele afirmou que ninguém tinha falado com ele, contrariando a narrativa do rapper P. Diddy que assegurou que os dois se reconciliaram na festa da Vanity Fair.

“Eu não falei com ninguém, apesar de tudo o que ouviram”, comentou Chris Rock à plateia, desmentindo Sean ‘Diddy’ Combs.

Leia+: Chris Rock disse que ainda está ‘processando’ o que aconteceu

Sobre a agressão que sofreu por parte de Will Smith, o ator e comediante também se pronunciou com ironia:

Leia+: Chris Rock já assediou Ariana Grande

“Como foi seu fim de semana? (…) Em algum momento eu vou falar sobre essa merd*”, comentou.

A revista US Weekly afirma que, de acordo com uma fonte, embora Will Smith foi ao Instagram pedir desculpas à ‘Chris’, o ator ainda não falou com o comediante:

“Ele não pediu desculpas pessoalmente à Chris Rock”.

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!