Notícias às 12:00

PETA é criticada por comentário sobre a morte de Karl Lagerfeld

Reprodução/Instagram

A PETA – Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais – está sendo criticada pela forma como manifestou seu pesar sobre a morte de Karl Lagerfeld, que faleceu na terça-feira (19), aos 85 anos.

A declaração de condolências da organização não agradou a muitos que acusaram a PETA de celebrar a morte do estilista.

A mensagem, que foi postada no Twitter oficial da PETA, dizia: "Karl Lagerfeld foi embora, e seu falecimento marca o fim de uma era em que pele e peles exóticas eram vistas como cobiçáveis. PETA envia condolências aos entes queridos de nosso antigo inimigo".

Muitos usuários da rede social criticaram o tweet, considerando o comentário 'cruel', 'frio' e insensível.

Um deles escreveu: "Sua organização tem o direito de expressar sua própria opinião sobre o uso de peles. Sua cruel condolência a Karl Lagerfeld era melhor não ter sido dita".