Reality Show às 00:57

Power Couple: Mari arma barraco com Deborah e Bruno

Mari com chapéu preto grita

Mari berra, enquanto é contida pelos colegas de confinamento (Foto: Reprodução Play Plus)

As noites de domingo, apesar de muito geladas pelos lados de Itapecerica da Serra, tem esquentado bastante o clima na mansão do “Power Couple”. Na dinâmica deste dia 13 de junho, os casais deveriam apostar suas fichas nos adversários. Eles deveriam colocar uma ficha azul naqueles que torciam para ser o próximo Casal Power, além de uma ficha vermelha, para quem queriam ver eliminados na próxima DR.

Algumas faíscas de cá e de lá, até que as labaredas subiram com o enfrentamento de Deborah e Fabio e Mari e Matheus. Começou quando Matheus, no momento da sua aposta, peitou Fabio, dizendo que ele nunca quis conversar com ele.

“Você chegou ni mim? Seja homem e olhe na minha cara!”, questionou o influenciador digital.

“Cheguei”, respondeu o médico sem querer alongar muito na conversa.

“Não. Sua mulher não chegou para trocar uma ideia com a minha mulher”, continuou Matheus.

Quando Deborah começou a esboçar algumas palavras para responder, foi repreendida pelo marido.

“Fica quieta! Não é pra dar palco”, cobrou ele algumas vezes.

Veja+: Carol e Jonathas foram os eliminados da semana

Porém, na vez de Deborah e Bruno fazerem suas indicações, é claro que eles devolveram a indicação e o ‘quebra power’ se instalou. Mari foi cobrar respeito de Bruno que, segundo ela, havia falado mal de seu marido. Nesse momento, Deborah começou a falar com a adversária que ficou descontrolada.

“Você não fala comigo não. Cala a sua boca!”, berrava ela, enquanto a oponente mandava beijinhos.

Matheus tentava controlar sua mulher, além da turma do ‘deixa disso’.

“Ele falou que você não sabe nem falar. Quem é ele?”, dizia a influenciadora. E berrou: “Não é porque você tem faculdade que vai falar assim não!”

“Quer apelar agora”, respondia Bruno.

Matheus também respondeu ao médico.

“Você é doutor e está aqui. Eu sou favelado da quebrada e também estou aqui.”

Aí a pauta da briga passou a ser o vitimismo, que um acusava o outro de estar usando esse artifício no jogo. Enfurecida e aos berros, Mari partiu em direção de Deborah.

“Falsa, cínica! Isso você é!”

“Você me chamou de vaca, mandou tomar naquele lugar”, rebatia a oponente.

“Você veio falar do meu vocabulário…”, começou a falar Matheus quando foi interrompido aos berros por Bruno:

“Eu não falei do seu vocabulário, inteligência pura! Falei que você não sabe falar na hora que tem que falar. Eu fui falar um negócio e você entrou no meio! Você quer se fazer de vítima que você é favelado? Você é melhor que os outros porque é favelado? Que favelado! Você está aqui por merecimento, igual a todo mundo!”, gritava.

As duas mulheres ficaram incontroladas e berrando uma com a outro. Nesse momento o médico tirou sua mulher e a levou para dentro da casa.

“Mas para, você não para, velho! Vai tomar banho, não quero mais isso não”, brigava ele.

Enquanto isso, Mari continuava a berrar e tentava ser acalmada pelos outros participantes.

Veja+: Teve pedido de casamento na mansão