Notícias às 05:00

Príncipe Charles já tem vários projetos para quando se tornar rei

Reprodução/Instagram

O Príncipe Charles vai fazer grandes mudanças no Palácio de Buckingham, quando se tornar rei. Segundo o jornal Daily Mail já existe um projeto em andamento, onde diz que o futuro herdeiro da coroa planeja tornar o Palácio ‘mais público’ e diminuir o número de aposentos.

Essa situação também vai se expandir para Balmoral, já que o príncipe de 72 anos planeja transformar o local em um museu, e também tem planos para o príncipe William, sua esposa Kate Middleton e sua família de se mudarem para o Castelo de Windsor.

Uma fonte disse do jornal disse:

“A propriedade em questão está na ‘lista de afazeres’. O ponto principal é: quando a rainha não estiver mais aqui, o que fará com duas gerações da família em várias propriedades? O príncipe de Gales acredita que esses locais precisam entregar algo ao público além de ser um local para a Família Real viver. Tudo está sendo visto através desse ponto: qual o valor disso que será oferecido ao público?’. Todo mundo entende que não faz sentido ter tantas residências”.

Veja+: Herdeiros do Príncipe Philip terão de esperar

O palácio de Buckingham estaria na lista do príncipe para uma diminuição dramática. As mudanças propostas têm uma grande diminuição nos aposentos que atualmente possuem 52 quartos para a realeza e convidados, e 188 quartos para os funcionários.

Um amigo de Charles disse: “Apesar do que todos pensam sobre ele não querer morar lá, ele certamente terá suas acomodações – mas será muito mais modesta, como um homem que vive em cima de uma loja, como o Primeiro Ministro na Downing Street”, explica.

PRÍNCIPE CHARLES ASSINA COM A AMAZON PRIME

O príncipe Charles é o novo contratado da Amazon Prime Video. O príncipe de 72 anos assinou um contrato com o serviço de streaming para mandar suas próprias mensagens sobre o ambiente para um público maior.

Charles, que é editor chefe da RE: TV, que inspira ideias para um futuro sustentável, disse em um comunicado sobre a parceria estratégica:

“Passei boa parte da minha vida tentando engajar as pessoas e as empresas nos problemas e soluções da crise climática, portanto, a RE: TV foi criada para capturar as vontades e a imaginação da humanidade e as soluções mais inspiradoras para a sustentabilidade ao redor do mundo. Eu espero que essa parceria com a Prime Video possa trazer inspirações e ideias inovadoras a um público maior e demonstrar que juntos é possível ir em busca de um futuro mais sustentável”.

Veja+: Ex-babá de William e Harry será indenizada

O canal será focado somente em problemas ambientais, oferecendo ‘soluções para trabalhar na aceleração de um futuro mais sustentável’.

Um representante da RE: TV acrescentou: “Cobrir um grande ramo de inovação, desde reciclar o café até o reflorestamento, os filmes vão mostrar projetos ao redor do mundo que têm brilhantes iniciativas que podem ajudar a transformar como um negócio é feito, ajudando a tornar a economia mais limpa e saudável”.