Notícias às 03:00

Priyanka Chopra muda hábitos após casamento com Nick Jonas

Reprodução/Instagram

Priyanka Chopra admite que seu casamento com Nick Jonas deixou sua vida muito mais organizada. A atriz celebrou seu segundo aniversário de casamento em dezembro e reconhece que "mudou" um pouco desde que se casou.

Em conversa com Kelly Clarkson em seu talk show, Priyanka afirmou:

“Eu me tornei muito mais organizada. Organizei meus sapatos agora porque ele coloca seus sapatos todos juntos. E eu não quero ser aquela que está bagunçando.", comentou.

Chopra também afirmou que até come de forma diferente hoje em dia.

"Eu como na mesa de jantar agora, o que odiava fazer", ela ri. "Eu adorava comer no sofá, com meu cobertor, mas ele gosta de se sentar à mesa de jantar, então comecei a ficar um pouco assim. Acho que fui eu que mudei.", admite.

Mas a atriz afirma que ainda não alcançou seu marido em relação à organização do armário de roupas:

"Mesmo no armário dele, todos os cabides estão meio (igualmente) distantes, enquanto o meu é como uma gaveta cheia de roupas", diverte-se, assegurando que vai se empenhar em ser mais ordenada também com seu guarda-roupas.

Nick Jonas é questionado sobre sobrinha e dá 'resposta torta'

Quarentena a dois


Priyanka Chopra Jonas confessou em conversa com o programa Entertainment Tonight que ficar em isolamento em casa devido à Covid-19 tem sido uma 'bênção' para ela.

A atriz de 38 anos e seu marido Nick Jonas têm se isolado em Los Angeles em meio à pandemia e, embora tenham que ser extremamente cuidadosos, pois Priyanka é asmática e Nick, de 27 anos, tem diabetes do tipo 1, ela sabe que eles têm mais sorte do que a maioria das pessoas.

"Devo dizer que me sinto muito abençoada por estar em um lugar tão bom em comparação com tantas pessoas no mundo. Somos saudáveis… amigos e familiares estão saudáveis, e eu tive tempo para realmente ser criativa. Portanto, devo dizer que a quarentena foi uma bênção", justifica.

E Priyanka acredita que agora é a hora das pessoas 'mostrarem sua humanidade'

Ela disse: "Acho que todos nós vamos olhar para trás e se perguntar [como] estivemos em casa por seis meses. Já se passaram quase seis, sete meses, já estamos em agosto, e isso é loucura. Você olha para trás e vê como a adversidade afetou tantas partes do mundo e tantas pessoas no mundo que tiveram que lidar com a pobreza, a fome, mais do que com a Covid-19.", lamenta.

"É uma época louca e intensa, mas é a hora de mostrar a nossa humanidade. Esta é a hora da humanidade se unir e, em 10 anos, olharemos para trás e realmente questionaremos e nos perguntaremos quem reagiu e como? Este é um testamento do que o espírito humano pode fazer. Eu acho que é realmente ótimo orientar na direção de ajuda e positividade", comentou a atriz.