Notícias às 08:31

Público reclama e Record corta cenas fortes de ‘Gênesis’

Personagens de Gênesis, da Record TV

Cena de Gênesis (Foto: Divulgação Record TV)

Não está fácil manter o cronograma previsto para a novela “Gênesis”, da Record TV. A trama escrita por Camillo Pelegrini sofreu cortes, por conta de constantes reclamações do público. A história não terá, por exemplo, uma das cenas da trama do incesto envolvendo Ló (Emilio Orciollo Netto), Paltith (Poliana Aleixo) e Tamires (Debora Ozório).

Também tiraram uma sequência que mostraria um sacrifício. A reclamação principal do público diz respeito ao excesso de violência. São trechos do Antigo Testamento. Como resultado, houve reflexo na audiência, que caiu.

Desde a estreia, em 19 de janeiro, a novela bíblica perdeu de três a cada dez telespectadores que acompanharam a primeira semana da história. Na primeira semana. “Gênesis” acumulou média de 15,8 pontos, números que até empolgaram a direção da emissora. Já na 11ª semana, os índices reduziram para 10,8 pontos, segundo dados da Kantar Ibope para a Grande São Paulo.

Vale lembrar que, anteriormente, o folhetim enfrentou corte de elenco e chegou a ter troca de autores. Emílio Boechat contou que deixou a emissora porque não tinha controle artístico da história

Novas tramas bíblicas

Seguindo a linha de exibir novelas com temáticas religiosas, a Record TV já prepara outras tramas bíblicas. A autora Paula Richard, por exemplo, já entregou uma sinopse sobre a vida de Paulo de Tarso e outra sobre Salomão.

Já Cristiane Fridman estava escrevendo “Rei Davi”. Contudo a direção da emissora optou por produzir “Reis”, de Raphaela Castro. A autora é ligada a Cristiane Cardoso, filha de Edir Macedo, o dono da emissora. Nos bastidores, ela é vista como alguém com pouca experiência.