Notícias às 07:05

‘Quero protegê-la da melhor forma possível’, diz João Figueiredo sobre Sasha

Reprodução/Instagram

Eles são jovens e tem uma vida inteira pela frente, foi com esse frescor e vitalidade que o OFuxico conversou com exclusividade com o cantor João Figueiredo, que recentemente pediu a modelo e estilista Sasha Meneghel em casamento. 

Eles se conheceram em maio de 2012, durante uma festa de lançamento de joias, na qual Sasha era uma das principais estrelas, mas nenhum deles imaginou que a partir dali, fosse surgir um amor puro e genuíno. Romântico, o cantor de apenas 21 anos, já fez até letra de música para a amada.

O início

“Ficamos muito amigos nos primeiros meses que nos conhecemos. Nos cumprimentamos, e eu a parabenizei pelo evento. Foi ali que eu conheci a Sa. Depois nos aproximamos na casa da Bruna (Marquezine), ficamos amigos, e fomos para a Angola e nos aproximamos. Em um desses encontros, depois de um tempo, fui cantar em Nova York em algumas igrejas e ela estava lá, ficamos juntos durante os dias em que fiquei na cidade. Foi quando eu percebi que estava amando de forma diferente. Foi mais ou menos naquela época que eu entendi que estava gostando dela. Eu sou um cara muito transparente e direto, não gosto de guardar o que estou sentindo e criar expectativas, apesar de já perceber que era um amor correspondido, quando ela veio para o Brasil, conversamos, na realidade foi depois de um jantar, fui pra casa dela e eu abri o que estava sentindo. Ela correspondeu aquele sentimento e desde então estamos juntos. Foi mais ou menos assim.”

“Eu me considero romântico sim, tenho algumas atitudes que sempre estiveram comigo, desde abrir a porta do carro ou mandar flores. Gosto de agradar a minha noiva de todas as formas que eu puder. Sempre penso em coisas românticas para fazer. Gosto de demonstrar o meu amor, seja por palavras ou atitudes, mas mais do que palavras são atitudes, porque considero que vale muito mais. O amor você não fala, demonstra, age com amor, vive o amor. Eu já fiz uma música pra ela, na verdade, tem algumas músicas. Eu gosto de usar as ferramentas que eu tenho para demonstrar o quanto eu a amo, e o quanto ela é importante pra mim”, disse.

Sasha e João estão noivos

Privacidade

Discreta nas redes sociais, Sasha mantém sua vida privada longe dos holofotes da mídia, sobre o assunto João disse o que pensa.

“Desde quando começamos a ficar juntos, que começamos a nos gostar, sempre fomos transparentes e diretos, adotamos isso para o nosso relacionamento. Eu costumo falar pra ela que estamos juntos nessa. Quero protegê-la da melhor forma possível, para que ela continue se sentindo protegida dessa exposição que é inevitável, que tem o lado bom e ruim também. Lidamos com isso, vivendo normalmente, mas com consciência de que tem histórias que devem estar na nossa intimidade. Sabemos que vamos ter que lidar com a opinião alheia sempre, mas só damos voz e ouvidos para quem nos cercam e consideramos relevantes para a nossa vida. É óbvio que no dia a dia, a gente acaba tendo situações adversas, como lidar com um paparazzi, mas eu tenho aprendido e tento lidar da melhor forma possível, usando a nosso favor aquilo que temos como objetivo, do que queremos fazer nesta terra, que é influenciar positivamente as pessoas. Somos transparentes e muito racional quanto a isso. Sabemos o que podemos compartilhar e expor com as pessoas que gostam da gente. Isso é muito saudável”, argumentou. 

João Figueiredo conversou com exclusidade com OFuxico!

Orgulhoso da noiva, João acredita que apesar das pessoas verem apenas a beleza externa de Sasha, a estilista tem muito mais a oferecer. 

“Eu costumo falar que as pessoas veem muito a beleza dela, que é notória, é inegável, é indiscutível, ela é linda, maravilhosa, fisicamente falando, mas por dentro ela é mais linda ainda. Quem tem a oportunidade de andar com ela sabe do que estou falando", disse.


"Sasha é uma mulher inspiradora, se preocupa com o próximo. Um dos maiores sonhos dela é ver a indústria da moda não afetar tanto o meio ambiente, por isso ela procura ser sustentável. Ela sonha através da moda, ajudar outras mulheres a serem independentes financeiramente. Eu me inspiro nela. Sempre pedi a Deus uma mulher que amasse o próximo. Eu vejo isso na Sasha. Ela se preocupa com as pessoas que trabalham com ela, até as pessoas que ela encontra na rua. Ela inspira uma geração, pessoas que a viram crescer. Ela tem conseguido mostrar quem de fato ela é. Ela se guardou durante muitos anos, escolheu se privar e ter uma vida pessoal resguardada, e agora acredito que ela tenha feito o certo, com todas as ferramentas, formação e capacidade que ela tem. Fico feliz porque é uma mulher ousada, corajosa, com disposição para fazer o diferente. Não é fácil uma mulher mudar o curso de uma situação, ainda mais sendo jovem como ela, mas ela tem feito com maestria, com responsabilidade”, disse orgulhoso.

Cantor de música gospel, João não se intimida quando o assunto é sobre feminismo, e com a certeza de sua fé, ele responde com convicção. 

“O feminismo e Jesus estão atrelados. Ele sempre buscou a igualdade de gênero, sempre foi para os menos assistidos, para os mais necessitados, para os rejeitados pela sociedade, pelos humilhados. Ele defendeu e se colocou na frente de uma mulher que estava prestes a ser apedrejada. Jesus interfere e muda o curso da história. Eu tenho certeza de que está no coração de Deus, ver mulheres ocupando todos os lugares que elas quiserem ocupar, serem iguais, serem reconhecidas e tratadas da mesma forma que os homens, terem os mesmos espaços, possibilidades, sem precisar se rebaixar, ou se submeter. A mulher merece ser respeitada, amada, valorizada como Cristo fez. Deus não nos fez para sermos diferentes, somos todos iguais perante a Ele, somos todos amados por Ele”, respondeu.

Maturidade e Família

Filho de pastores, João tem uma relação muito bonita com a família, em especial com a mãe, aliás, os momentos difíceis o transformaram em um homem maduro, apesar da pouca idade.

“A figura feminina é muito presente na minha vida. Desde as minhas avós, até a minha mãe, que é o meu maior exemplo, minha referência de ter garra, de sonhar, de persistir, de ir atrás. Ela é uma inspiração não só pra mim, mas para todos que a cercam. Ela é pastora, e está cercada de pessoas, de problemas, de situações, ela vive em função de ajudar o próximo. Uma mulher guerreira que não desiste. Eu aprendo muito com ela. A minha mãe quase morreu no pós parto do meu irmão. O médico esqueceu uma tesoura e uma compressa na barriga dela, e depois de seis meses, ela desmaiava toda semana, tinha pontadas fortes na barriga, mesmo indo ao médico, não falavam o que era, sempre pediam pra procurar quem fez o parto. Minha mãe lutou para viver, ela foi parar na UTI. Eu tinha seis anos de idade, ouvi que o meu irmão poderia morrer porque havia incompatibilidade de sangue, ele estava fraco. Os dois ficaram internados. Graças a Deus ela está bem, entramos com um processo e esperamos que a justiça seja feita”, desabafou. 

“Eu ouço as pessoas falarem sobre a minha maturidade, é normal, é o que eu vivo, mas talvez comparado a maioria das pessoas, não seja comum, mas as circunstâncias, me levaram para este lugar. Os meus pais sempre foram honestos comigo sobre o que acontece na vida, e isso me fez amadurecer. Mas tudo é possível com fé, ter a nossa vida fundamentada em Deus, confiar e ter esperança. Meus pais me trouxeram pra realidade, eles passaram por um processo de separação quando eu era mais novo, depois tiveram o casamento restaurado. Este processo me trouxe muita maturidade.”

Angola 

Pensando no futuro, João é um ser preocupado com o mundo. Em 2019, ele foi para a Angola acompanhado por Bruna Marquezine, a cantora Priscila Alcantara, e a atual noiva Sasha. 

“Foi a minha primeira vez em Angola, num projeto da Aldeia Nissi. Lá eu me apaixonei pelas crianças, pelo projeto, pelo coração deles. É óbvio que a gente trabalha bastante, faz ações com as crianças, eu por exemplo, trabalhei na linha que eu sei fazer, que é a música. Eu reuni um grupo de crianças que cantavam, pegamos uma letra de música que uma delas escreveu, e colocamos uma melodia, depois fizemos uma apresentação. Fizemos uma palestra falando sobre o nosso trabalho para inspirá-los a sonhar e ter uma profissão. É uma escola, mas também um abrigo para órfãos, se não me engano são mais de 50 órfãos, 60 albinos e mais de 1200 crianças por dia que recebem três refeições. Nós também levantamos recursos financeiros, visibilidade, conectando empresários e investidores”, explicou o cantor, que através da ONG conseguiram levar água potável para a aldeia. “Em 2021 uma empresa vai construir uma base de tecnologia, cursos profissionalizantes para os adolescentes, para trabalharem e terem seu próprio salário”, explicou. 

Experiência com Deus 

Transformando suas experiências com Deus em música, João contou sobre como surgem as inspirações. Porém, seu caminho na música não foi fácil, mas o apoio de familiares e amigos fizeram a diferença.

“Eu sinto como uma inspiração divina até as coisas que Ele faz na minha vida, e ao redor de mim, na vida das pessoas que eu amo. São experiências de caminhar com Jesus e ouvi-lo fazer. Ver milagres acontecendo, coisas impossíveis ou improváveis, a partir dessas experiências poder falar um pouco sobre o que eu vivo através da canção. Vou dar um exemplo, a canção De 1 Até 3 fala sobre ter paciência, respirar fundo, lembrar que a gente não vem deste mundo, lembrar que a nossa realidade, nossa cidadania, vem do céu. Ele tem o controle sobre todas as coisas, sobre o nosso passado e futuro. Ele conhece tudo. A canção traz uma mensagem de descanso, de confiança. Eu recebi muitas mensagens e relatos de pessoas que estavam passando por uma crise de ansiedade, momentos difíceis e ouviram a canção e se sentiram abraçadas, acalmadas e consoladas.”

“Com certeza eu passei por momentos difíceis na carreira como cantor, na verdade, em nenhum momento eu abri mão, mas enfrentei dificuldades como todo mundo. Eu sempre tive muito apoio dos meus pais, da minha família, e graças a Deus todo mundo que cruzou o meu caminho profissional, agregaram pra que eu chegasse aonde estou. Eu tive uns ‘nãos’ na vida, mas os ‘sins’ falaram muito mais alto. É óbvio que passamos por dificuldades, empecilhos, mas o lado bom se sobressai. Eu sempre tive a quem recorrer e nunca desistir”, concluiu.

Sasha contrata agência para planejar lua de mel
Noivo de Sasha sobre casamento: ‘Sempre sonhei com família’

João tem verdadeiro temor e amor a Deus