Notícias às 13:00

Raul Gazolla confessa que não perdoou os assassinos de Daniela Perez

raul gazolla
Reprodução/YouTube

Raul Gazolla participou de uma entrevista para o canal “Connect Cast“, no YouTube e relembrou o assassinato de sua ex-mulher, Daniela Perez, que foi morta em 1992 por Guilherme de Pádua e sua então mulher, Paula Thomaz.

“Esse ano faz 30 anos do assassinato da Dani. A gente supera uma morte por acidente, uma morte por doença, a gente suporta uma morte de um ente querido… Mas quando é assassinato… eu posso conviver com isso, mas superar é outra coisa”, desabafou.

IMPERDOÁVEL

Gazolla não se sente preparado para perdoar os assassinos de Daniela: “Não sou espiritualmente evoluído a ponto de perdoar. Como diz a Gloria (Perez, autora, mãe de Daniela), ‘nem Jesus perdoava’. Eu vou perdoar? Quem sou eu para perder, bicho? O cara dá 18 facadas na minha mulher e eu vou perdoar? Logo depois, está livre…”.

Aproveitou para negar a versão da história contada por Guilherme de Pádua, que afirmou que tinha um caso com Daniela.

“O assassinato da Dani gerou muita dúvida no povo. O assassino diz que teve um caso com a Dani e que foi um crime passional, mas foi provado que ele nunca teve caso com ela. Isso nunca foi verdade”.

DOCUMENTÁRIO

Revelou que gravou um documentário no final de 2021 para um canal de TV fechado sobre o assassinato da ex-mulher e ainda criticou o sistema judiciário do Brasil.

“Gravamos no final do ano passado um documentário sobre o crime, um especial sobre o assassinato da Dani. Foram entrevistados todas as testemunhas, policiais e advogados, que participaram desse processo, menos os assassinos, porque eles não têm nada a dizer a não ser ficarem presos, mas eles não estão, porque estão aqui no Brasil…”.

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!